Caro Ronaldo (uma resposta musical para o Fenômeno)

08/jun/2014, 12h31

*Rodolfo Mhor

(Ao som de Meu Caro Amigo, de Chico Buarque e Francis Hime)

 

Caro Ronaldo

 

Caro Ronaldo, me escute por favor

Entenda bem nossa visita

Parece que não percebeu

Que é contra o governo e contra a FIFA

 

Aqui na terra tão jogando futebol

Tem muito samba, muito choro e remoção

Uns dias greve, noutros dias bate o sol

 

Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá feia

 

Muita mutreta no Planalto pra levar a situação

A gente vai lutando por direitos e com graça

A gente vai tomando gás e bala de borracha

Ninguém segura a repressão

 

Caro Ronaldo, eu pretendo provocar

Sua atenção para as cidades

Sem hospital e sem escola para educar

Povo passa necessidade

 

Aqui na terra tão jogando futebol

Tem muito samba, muito choro e remoção

Uns dias greve, noutros dias bate o sol

 

Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá feia

 

É pirueta pra cavar o ganha-pão

O arroz, a moradia, o busão, tá tudo caro

Ainda tem o Valcke e o Blatter tirando sarro

Ninguém aguenta a exploração

 

Caro Ronaldo, eu quis um metrô tomar

Mas a tarifa não é de graça

Eu ando aflito pra fazer você ficar

A par de tudo que se passa

 

Aqui na terra tão jogando futebol

Tem muito samba, muito choro e remoção

Uns dias greve, noutros dias bate o sol

 

Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá feia

 

Muita careta pra engolir a transação

Que a gente tá engolindo cada sapo no caminho

Não esqueça do seu tempo de menino

Antes de ser um campeão

 

Caro Ronaldo, eu quero lhe convocar

Mas você andou arisco

Ainda há vaga para você ser titular

Do time do operário e da galera do serviço

 

Aqui na terra tão jogando futebol

Tem muito samba, muito choro e remoção

Uns dias greve, noutros dias bate o sol

 

Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá feia

 

O brasileiro manda um beijo para os seus

Um beijo na família, dona Sônia e nas crianças

O “Baixinho” aproveita pra também mandar lembranças

A todo o pessoal (da FIFA)

Adeus

 

*Rodolfo Mohr é do Juntos! Brasília e do Grupo de Trabalho Nacional do Juntos

—————————————————————————————————————————————–

Contextualização: Nesta semana, o Juntos! realizou um escracho em frente ao escritório do Fenômeno, logo após suas mais recentes declarações sobre os protestos que têm tomado as ruas do país. A repercussão do ato foi tamanha que ele lançou uma nota endereçada ao Juntos! (http://zip.net/bdnCN5). Prosseguindo o debate, em nossa página do FB (http://zip.net/bhnCH0)  publicamos uma carta convidando o Ronaldo para mudar de lado. Agora, uma resposta musical para o herói do Penta.

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017