Estudantes exigem eleições gerais em Porto Alegre

07/abr/2016, 15h05

12963621_1074136675942292_4074685172070193407_n

Nessa quinta-feira, 7, os estudantes secundaristas de Porto Alegre marcharam pelo centro de Porto Alegre para defender a educação pública, reprovar o ajuste fiscal que vem sido promovido pelos governos e levantar a bandeira que exige eleições gerais como saída para a crise que o país vive.

Passeata dos estudantes por eleições gerais

Foto: Adria Meira

O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, também foi denunciado pelos estudantes. Mais uma vez, Sartori vai parcelar o salário dos educadores e segue cortando no orçamento e precarizando a escola pública.

Para Ana Paula Santos, do grêmio estudantil do Colégio Protásio Alves, a proposta de eleição geral é a saída democrática para a crise que nos meteram e que não terá solução positiva vinda do Congresso.

12987045_1074137125942247_4250755073810543376_nFoto: Adria Meira

A manifestação teve como tema “Nem a direita, nem o governo. Eleições gerais já” e foi convocada pelo movimento Juntos, pela Juventude Pátria Livre e dezenas de grêmios estudantis da cidade. Em breve divulgaremos novas iniciativas do movimento.