Liberdade aos que lutam! #LibertemOBoulos

17/jan/2017, 10h54

Nota do Grupo de Trabalho Nacional do Juntos!

Nos últimos dias um relatório da Oxfam revelou mais uma vez que a desigualdade social se acirra, apontando que 8 homens detém mais dinheiro do que metade da população mundial. Se é assim com a renda, por óbvio que no que diz respeito à moradia – aqui com ênfase no Brasil – não é diferente. A especulação imobiliária e os latifúndios tomam conta dos espaços e sobrepõem o lucro a um direito tão fundamental.

Em nosso país o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto cumpre papel determinante nessa trincheira, e é nesse contexto que hoje recebemos com indignação a notícia de que seu coordenador nacional, Guilherme Boulos, em meio a uma negociação contra a ação truculenta da Polícia Militar de São Paulo a mando de Geraldo Alckmin, havia sido detido. Uma reintegração de posse despejava mais de 3000 pessoas na cidade de São Mateus e Guilherme tentava mediar, buscando um desfecho humanamente favorável para as famílias.

Boulos foi preso sob a acusação de desobediência civil, um completo absurdo, pois ao se encarregar de amenizar o conflito e garantir direitos, teve os seus próprios direitos negados, numa clara tentativa de criminalização daqueles e daquelas que ousam lutar. Toda nossa solidariedade às famílias, ao MTST e a Guilherme Boulos. Enquanto morar for um privilégio, ocupar é um direito!

 

Lutar não é crime! #LibertemOBoulos