#ForaTemerPQ Temos uma certeza: eles querem enforcar o povo.

12/jul/2017, 13h25

Por Julia Sprioli

Em meio a uma grande confusão, foi aprovado ontem (11) o texto base da reforma trabalhista. Não bastasse o absurdo de que trata o texto, recebemos hoje pela manhã, a notícia de que o nome ventilado para substituir o presidente ilegítimo, Michel Temer, o presidente da câmara, Rodrigo Maia, está competindo com o Vampirão para ver quem agrada mais aos empresários.

Para quem não sabe: Temer não está morto. Mesmo com toda a instabilidade em que se encontra, trabalhou muito para a aprovação da reforma trabalhista. Entre os acordos que fez para acelerar esse processo e dar logo uma resposta aos caciques do dinheiro, amarrou com seus aliados que o texto base da reforma passaria sem nenhuma alteração. E que, só depois de aprovado, ele mesmo, via medidas provisórias, alteraria algo caso necessário.

Acontece que, a urgência da aprovação das reformas é tanta para os grandes empresários, que Rodrigo Maia não dormiu no ponto, decidiu sair na frente de seu antigo aliado e declarou: “A reforma trabalhista é o primeiro momento de grandes mudanças no nosso país”  e ainda, “Não participamos de nenhum acordo. Queremos reformar o Brasil”. Ou seja, pelo que diz o presidente da câmara, a reforma seguirá como está, permitindo, inclusive, que gestantes e lactantes trabalhem em ambientes insalubres.

Mas vamos recapitular. Ainda no início da semana, Temer ganhou um baita empurrão: a denúncia que o acusa de corrupção passiva obteve permissão para ir ao plenário da câmara. Daí por diante, são precisos 342 votos para que o processo siga para o STF. Para não deixar baixar os ânimos, hoje (12), teve início a primeira sessão da CCJ – Comissão de Constituição e Justiça, desde essa última vitória contra Temer.

Se, por um lado, caminhamos para um baita vitória contra Temer, parece que o congresso corrupto vai enforcar o povo até que aprove todas as reformas e encontre um substituto que melhor lhe convenha.

É por isso que, nessas próximas semanas, precisamos lutar pelo #ForaTemerPQ junto com ele, precisamos dar um passo adiante na luta contra as reformas do congresso corrupto. E existem milhares de motivos pra cavar a queda desses crápulas,