Mais escolas, menos cadeias. A juventude quer voar!

20/set/2017, 19h21

Por Julian Sanseverino, militante do juntos DF  

Essa semana o Senado tentou aprovar, na surdina, a tão polêmica redução da maioridade penal, a qual a exatos 2 anos tinha sido aprovada na camara do deputados. A votação que aconteceria na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça)do Senado, além de ter sido colocada em pauta de última hora, quase não foi noticiada pela grande mídia.

Foto: Mídia Ninja

Na noite do dia 19/09 o Senado lançou um decreto de que o acesso à casa estaria restrito, mas hoje pela manhã o presidente Eunicio Oliveira derrubou o decreto dizendo que não passava de um mal entendido. Mesmo permitindo o acesso ao Senado, não foi autorizada a entrada de ninguém em nenhuma das comissões, onde esta e outras papistas estavam sendo debatidas. Ou seja, na casa do povo proibiu que estudantes e trabalhadores acompanhassem o que era discutido.

Foto: Mídia Ninja

Isso simboliza mais uma ação preocupante que a casta politica liderada por Temer, Juca, Renan, Aecio está impondo. Querem mais uma vez poder criminalizar a juventude pobre e negra que será a principal afetada caso a redução da maioridade penal for aprovada.

Nós acreditamos que esta não passa de mais uma medida reacionária e punitivista, que ao invés de enxergar o problema da criminalidade como uma questão de falta educação e de oportunidades, o vê como uma questão unicamente de segurança publica. E isso faz com que o pais caia novamente na nefasta ideia de que a luta contra o crime tem que ser por meio da violência e da punição, e não por meio da educação e das diminuições nas desigualdades socias.

Por isso, o juntos! se posiciona contra a redução da maioridade penal.  Nosso horizonte deve ser abrir escolas e fechar cadeias!