O povo contra Temer! | A reforma trabalhista e os atos do dia 10

10/nov/2017, 20h32

ENTRA EM VIGOR A REFORMA TRABALHISTA DE TEMER QUE ATACA OS DIREITOS DOS TRABALHADORES BRASILEIROS…

Entrou em vigor a Reforma Trabalhista do governo Temer aprovada pelo Congresso Nacional mais corrupto da história. As reformas contra a classe trabalhadora foi a moeda de troca que levou e manteve o presidente Michel Temer no poder, mesmo após ter sido flagrado negociando propina em gravação com o empresário Joesley Batista da JBS. A reforma flexibiliza direitos conquistados durante o século passado que estavam assegurados na CLT, dentre outras coisas legaliza as terceirizações para atividades fim, diminui o horário de almoço para 30 minutos, facilita demissões coletivas, permite trabalho em ambientes insalubres para mulheres grávidas e lactantes, sobrepõe o negociado sob o legislado e ataca a organização sindical.

Veja mais em: https://movimentorevista.com.br/2017/11/reforma-patroes-contra-trabalhadores/)

…MAS HOUVE RESISTÊNCIA DA CLASSE TRABALHADORA. (10/11)

No último dia 10, a classe trabalhadora voltou às ruas no Dia Nacional de Paralisações para dizer em alto e bom som que não irá aceitar os retrocessos nos direitos imposto pelo governo mais impopular da história. Houveram atos e piquetes em diversas cidades do país como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília, Belém, Belo Horizonte e etc. O dia de lutas foi puxado por todas as centrais através das demandas da base sindical, que mesmo com suas direções traidoras não aceitam se retirar das lutas e nem quer esperar até 2018 para defender seus direitos.

Confira os atos de algumas cidades:

  • RIO DE JANEIRO
  • BELÉM: 

  • PORTO ALEGRE

  • SALVADOR