Por Edson Luis e Marielle, nenhum dia de descanso!

15/mar/2018, 23h58

O Rio está em choque. Na noite de ontem perdemos uma das vozes mais potentes, firmes e corajosas contra o racismo, a tortura, a segregação e as desigualdades em nossa cidade. A execução de Marielle Franco é uma perda irreparável. Aquela que até ontem denunciava as bárbaries policiais contra o povo favelado, que batalhou durante toda a sua vida contra as estatísticas que são determinadas às mulheres negras e faveladas de nosso país, foi brutalmente assassinada junto com seu motorista Anderson Pedro Gomes.

Marielle era relatora da comissão que irá investigar a intervenção militar no Rio de Janeiro. Esta mesma, na qual foi pedido pelo Comandante do Exército, com que não haja uma nova “Comissão da Verdade”.

Daqui apenas 13 dias, lembramos os 50 anos do assassinato de Edson Luís de Lima Souto. Um estudante secundarista assassinado pela Polícia Militar no centro do Rio de Janeiro. Assim como Marielle, Edson também era negro. Naquele dia 28 de março de 1968, a cidade do Rio de Janeiro estava sob intervenção militar do Exército. Seu corpo foi velado no dia seguinte, por 50 mil pessoas no mesmo local que hoje está sendo velado o corpo de Marielle e Anderson.

Lembrar a morte de Edson neste contexto não é um acaso. Ambos foram assassinados por incomodarem uma ordem poderosa que controla as vozes, os corpos, as favelas. Edson Luís foi o estopim para a resistência civil contra a ditadura militar e as barbáries daquele regime. O assassinato de Marielle Franco na noite de ontem, precisa se tornar numa ampla mobilização, um ato político que mude o curso dessa história que mata diariamente negros e negras no nosso país.

Nem o medo nem a tristeza nos calarão. Marielle foi esperança e coragem para muitos que acharam que não podiam ultrapassar barreiras. Não terão nenhum dia de descanso até que nossas vidas importem. Seguiremos nas ruas até que se descubra quem matou Marielle e Anderson. Nosso luto se tornará uma das mais fortes lutas que este país já viu.

Marielle presente! Edson Luis presente!