Nosso Povo ta Morrendo: basta de extermínio, FORA JATENE!

Por Junto Belém

Passamos por tempos difíceis na região metropolitana de Belém com o crescimento da violência. No último domingo, 29 de abril, a cabo da Polícia Militar Maria de Fátima dos Santos, foi brutalmente executada dentro de sua residência, até o momento os autores do crime não foram identificados. Em uma semana mais de 50 pessoas foram assassinadas em Belém e na Região Metropolitana.

A cidade está em guerra e o governador do estado sumiu, abandonou o povo. Só esse ano são mais de 1mil mortes violentas do Pará, sendo 686 entre os meses de janeiro e fevereiro. O quadro dos trabalhadores da segurança pública não é dos melhores, já são 23 PMs, quase o mesmo número do ano passado inteiro, um retrato do descaso com trabalhadores da segurança que estão jogados à própria sorte, como, por exemplo, da cabo Maria de Fátima, que já estava sendo ameaçada e havia pedido proteção.

Se de um lado PMs estão morrendo, o número de civis é muito maior. Vivemos um estado de luto constante, a cada momento uma nova execução. As vítimas dessa guerra têm cor, idade e endereço. Em meio às mortes estão idosos e um número absurdo de adolescentes, cerceados do futuro. Parem de nos Matar!

Estamos sem governo! Fora Jatene!

Jatene abandonou o povo e lavou as mãos. Querem ver mais sangue e violência nas periferias dda cidade. No meio desse fogo cruzado o povo não pode ficar calado para uma realidade que tira as nossas vidas todos os dias, atingindo principalmente a juventude nas periferias da reunião metropolitana de Belém. Se nosso governador eleito para promover melhores condições de vida para a população com educação, saúde e segurança não cumpre seu papel, não podemos aceitar que continue dizendo que representa o povo, é hora de pedir FORA JATENE!

Veja quadro de homicídios divulgado pelo G1 Pará:

Dia 29/04 – 10 homicídios: Águas Lindas (1); Condor (1); Marco (1); Canudos (1); Terra Firme (1); Una (1); Posto de Saúde de Águas Lindas (1); PSM do Guamá (1); PSM da 14 (1); Hospital Metropolitano (1).

Dia 30/04 – 15 homicídios: Cidade Nova 4 (1); Tapanã (3); Sacramenta (1); Outeiro (1); Conjunto Carmlândia (1); UPA da cidade Nova (1); Icoraci (1); Parque Guajará (1); Parque Verde (1); Terra Firme (1); PSM da 14 (1); PSM do Guamá (1); UPA de Icoaraci (1).

Dia 01/05 – 10 homicídios: Paar (1); Curuçambá (2); Guamá (2); Icoaraci (3); Mangueirão (1); um bairro ainda não informado (1).

Dia 02/05 – 11 homicídios: Curuçambá (5); Guamá (1); Marituba (1); Cremação (1); Icoaraci (3); Mangueirão (1).

Dia 03/05 – não houve registro de homicídios, de acordo com a Segup.

Dia 04/05 – 5 homicídios: Benguí(1); Guamá (1), Val-de-Cans (1); Cabanagem (1); Maguari (1).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *