Contra restrição do Passe Livre em SP

Antes, os estudantes da cidade podiam fazer 8 viagens gratuitas durante todo o dia. Agora, Dória restringiu o horário e só poderemos fazer quatro embarques durante 2 horas por duas vezes no dia.

63 pessoas já assinaram.
Ajude-nos a chegar em 100!
Clique para assinar

Em Junho de 2013 milhares de pessoas foram às ruas em São Paulo pedindo Passe Livre, já! Essa não foi uma conquista dada pelos de cima, mas arrancada com muita luta do povo nas ruas.

Agora, o prefeito playboy João Dólar quer vender a cidade para seus amigos empresários, privatizando principalmente parques, bibliotecas, centros culturais e até mesmo o Bilhete Único, para vender nossos dados para os poderosos.

Nesse pacote de venda da cidade, Dória ataca também o Passe Livre. Antes, os estudantes da cidade podiam fazer oito viagens gratuitas durante todo o dia. Agora, Dória restringiu o horário e só poderemos fazer quatro embarques durante 2 horas por duas vezes no dia.

Para Dória, os estudantes de São Paulo só tem o direito de ir de casa para a escola e da escola para a casa, sem poder visitar museus, centros culturais, parques, bibliotecas e vários aparelhos da cidade, importantes para as atividades extra-curriculares.

Não deixaremos que esse playboy tire nossos direitos e venda a nossa cidade! Assine abaixo contra a restrição do Passe Livre!