Encontro Nacional do Juntos!

01/jun/2011, 18h14

Em suas primeiras edições o jornal Juntos! alcançou jovens em todo país. Esta nova forma de comunicação – coletiva, criativa e mobilizadora – é ferramenta para dar voz aos descontentes e organizar a juventude que não se cala contra as injustiças sociais nem se vende para o governo.

Juntos estivemos nos movimentos anti-globalização, nos grêmios estudantis e nos cursinhos populares, nas lutas pelo passe livre, contra a corrupção de José Sarney e Renan Calheiros, em defesa do meio ambiente, ocupando escolas e universidades pela educação pública.

Socialistas e democráticos, ao lado dos rebeldes de todo o mundo. Vamos ao encontro do Juntos!, ajude a organizar uma caravana em sua cidade!

 

Três motivos para não perder o encontro do Juntos!

1 – Em um mundo de mudanças, é momento de ousadia!

As revoluções no mundo árabe (ver Juntos! #2) não deixam dúvidas: a difícil realidade da virada do século está mudando.

No norte da África a Revolução que começou na Tunísia se alastrou pelo Egito, Síria, Líbia, entre outros regimes autoritários, mobilizando milhões e incendiando os povos na luta por liberdade, emprego e salário. Na Europa, países como Grécia, França, Inglaterra e Portugal passam por grandes mobilizações e greves gerais. Na América Latina e no Oriente Médio a situação não é diferente.

Por que então ficarmos presos ao velho, se podemos ousar novos horizontes, mais justos, democráticos e solidários?

2 – O Brasil também não é mais o mesmo

Ainda que os efeitos da crise mundial no Brasil tenham sido leves por conta da poupança acumulada no período anterior, os direitos do povo já estão sendo atacados e a situação pode piorar.

Logo no início do ano Dilma ordenou o corte de R$ 50 bilhões de recursos da União, atingindo principalmente a Educação, a Saúde e a Segurança Pública. Enquanto isso a inflação aumentou o preço da cesta básica, dos aluguéis, das passagens de ônibus, entre outros. A proposta do governo para a alteração do Código Florestal é um desastre ambiental completo (veja matéria das páginas 5 e 6 desta edição), e o que se anuncia para Copa do Mundo e Olimpíadas é o aumento estratosférico da corrupção, das desapropriações violentas de moradores, do desrespeito aos direitos trabalhistas e dos crimes ambientais. Tudo isso patrocinado pelo PCdoB e pelo PT, ao lado da direita…Vexame!

Em meio a tantos conflitos, surgem novos movimentos de juventude pelo país. As mobilizações contra os aumentos de tarifas em todo Brasil são exemplos de ações são possíveis. Podemos lutar juntos… Por que não?

3 – Juntos, em movimento, podemos mais!

Embora os desejos de justiça movimentem a juventude, infelizmente as organizações e entidades que deveriam ser nossos espaços de ação – como a UNE, a UBES e os conselhos de juventude – estão dominadas por “jovens envelhecidos” do PCdoB e do PT, que vendem seus sonhos por verbas e cargos no governo. Ainda assim, vamos ao CONUNE para dizer às centenas de jovens presentes com vontade de mudança: uma nova política é possível!

A organização do Juntos! representa a necessidade de um movimento de juventude independente, desta nova geração de jovens lutadores. Nele cabem todos os indignados, todos os dispostos para a luta por um mundo radicalmente novo. Juntos! é a juventude em movimento pela educação de qualidade, em defesa do meio ambiente, contra o preconceito e por uma sociedade com igualdade e liberdade para todos. Participe do nosso Encontro, dia 15 de julho durante o CONUNE, em Goiânia.

Venha lutar conosco!

O que é CONUNE?

Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE), entidade representativa dos universitários brasileiros, que será realizado pela 52ª vez. É o principal espaço de decisões da entidade e onde é eleita sua diretoria, com mandato de dois anos.

POR QUE VOU AO ENCONTRO DO JUNTOS!?

“Para conquistarmos a expansão da universidade pública, com qualidade, e a criação de mais cursos noturnos para que os trabalhadores também possam estudar nas federais.”

Sayuri Kubo, 24 anos, coordenadora-geral do DCE-UFRGS, Porto Alegre/RS.

“Porque temos que construir uma juventude sem homofobia! Por uma sociedade Plural!”

Sara Azevedo, 25 anos, Professora de Educação Fìsica, Belo Horizonte/MG

“Para dar voz à juventude da periferia e lutar pela garantia dos seus direitos.”

Alex da Mata, 25 anos, coordenador da Rede Emancipa-Itapevi/SP

“Juntos podemos provar que o Brasil não precisa de Belo Monte, mostrando que  temos como produzir mais energia sem causar danos sócio-ambientais.”

Juliana Rodrigues,19 anos, estudante de Pedagogia,coordenadora geral do DCE UEPA, Belém/PA

“Estudantes de cursinhos populares e universitários estarão juntos em defesa da democratização do acesso à universidade!”

Bianca Cruz, 25 anos, coordenadora da Rede Emancipa-São Paulo/SP

“Podemos construir, democraticamente, um modelo de universidade que atue com um instrumento de transformação da realidade da Amazônia.”

Rômulo Serique, 23 anos, DCE/UFOPA, Santarém/PA

“Para lutarmos pela eliminação de todas as formas de preconceito. Juntos vamos construir um mundo livre de racismo, machismo e homofobia!”

Winnie Bueno, diretora do DCE UFPEL, Pelotas/RS

“Para construir uma juventude socialista, solidária aos processos de luta internacionais e comprometida com a construção de uma sociedade justa e igualitária.”

 

 

 

Participe do I Encontro Nacional do Juntos!

A juventude em luta em todo o Brasil vai se reunir no dia 15 de julho de 2011, em Goiânia!

Participe você também! Acesse o evento no facebook e confirme a sua presença! https://www.facebook.com/event.php?eid=220290014656823

“Se não nos deixam sonhar, não os deixaremos dormir!!!”

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017