Machismo mata!

29/dez/2012, 19h30

MOÇÃO DE REPÚDIO

O Juntas coletivo repudia os atos de violência sexual ocorridos recentemente contra as mulheres indianas. Elas estão mortas.

Amanat, 23 anos, foi estuprada durante cerca de uma hora por seis homens dentro de um ônibus e espancada com barras de ferro. Morreu por falência múltipla dos órgãos, decorrente dos severos ferimentos.

Antes disso, outra jovem de 17 anos cometeu suicídio. Ela também sofreu estupro coletivo e não conseguiu registrar sua queixa em nenhuma delegacia. À ela foi oferecido dinheiro para esquecer a denúncia ou o casamento forçado com um dos agressores. Optou por ingerir veneno e dar fim a própria vida.

Exigimos a punição dos criminosos. Os casos não são pontuais, pelo contrário: a opressão machista é a regra. Ainda há quem ponha em dúvida a relevância da luta feminista. Machismo mata.

Em 2013, pintemos a cara com o feminismo. A luta das mulheres é internacional!

Assine e divulgue esta moção…