Vamos refazer a Revolta do Busão!

13/jun/2013, 17h00

Juntos MA!

7460_677957432230284_743257189_n

Nos vimos na obrigação de escrever uma moção de apoio a todos os Juntos! indignados pelo Brasil na Revolta do Busão.

1001046_677959745563386_1679990571_n

Aqui no Maranhão, nossa revolta em relação ao transporte público se renomeia como “Movimento #ForaVBL”. Não reivindicamos somente a diminuição da taxa, mas também a melhoria da infraestrutura, do serviço e principalmente, exigimos que exista o respeito da empresa para com a população. Começamos da idéia, criamos o movimento comunitário, para que nós, estudantes, legitimamente pudéssemos representar desde o estudante, ao idoso que usa o transporte público todos os dias. E essa é a chave para o fortalecimento do Movimento Estudantil nos dias de hoje; a unificação de outros segmentos da população, como os trabalhadores, que em todo Brasil também querem a diminuição da tarifa de ônibus. Por que não unir forças?

Muitos são os rótulos colocados em nós: “vândalos”, “bandidinhos”, “burguesotes”, “delinquentes”. Entretanto, sabemos que isso vai muito além de uma ideologia elitista e burguesa, trata-se do legado de um país onde acredita-se que se manifestar é errado. O erro, no entanto, não está na luta, mas no desrespeito do governo para com o povo.

É com extrema indignação que acompanhamos televisivamente as manifestações dos estudantes de todo país.É com extrema indignação que acompanhamos televisivamente as manifestações dos estudantes de todo país.

580404_677960752229952_847478227_nNos indignamos com a forma que a mídia cobre as manifestações da juventude que luta pelos direitos, não só deles, mas de toda população. Sabemos, no entanto, que a mídia capitalista trabalha a serviço do governo e da elite brasileira, o que explica muito bem as matérias que são difundidas. Algumas palavras, alguns enfoques, algumas fontes; tudo criteriosamente estudado para que a população não apoie o movimento, e pior; o marginalize. Isso tudo por temer que os brasileiros, um dia, de fato, acordem e percebam que o poder emana do povo.

“Podem matar uma, duas, três flores mas jamais deterão a primavera”. – Che

A mídia pode tentar até marginalizar a onda de protestos pelos meios que ela detém, mas jamais poderá contê-los nas ruas.

Deixamos aqui nosso total apoio aos indignados do Rio de Janeiro, São Paulo, Natal, Parnamirim, Goiânia, Porto Alegre, Campinas, Santos, Santarém e tantos outros Juntos! desse Brasil. O Maranhão está com vocês, se não nas ruas, mas nas redes sociais, defendo com unhas e dentes o ideal que nos une.

Aqui no Maranhão também há quem acredite nas flores. Força, juventude!

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017