Juntos! USP debate democracia, repressão e direitos humanos com Leonardo Sakamoto

06/dez/2013, 14h33

O Juntos! USP realizou na noite da última quinta-feira (5) uma atividade para debater o avanço das lutas democráticas, a resposta repressora do Estado e os direitos humanos no Brasil. Cerca de 100 estudantes lotaram a sala 102 do prédio da Letras (FFLCH) e assistiram a intervenções muito qualificadas por parte de todos os debatedores.Sakamoto_USP_2

O Professor Camilo Caldas, jurista e Vice-Presidente do Instituto Luiz Gama, abordou o caráter abusivo e ilegal da postura policial durante os protestos de rua, alertando, no entanto, que não será pela via jurídica que virá a resolução dos problemas. Somente a luta popular massiva será capaz de botar abaixo práticas de abuso de poder e violência do Estado.

Já o jornalista Leonardo Sakamoto refletiu sobre a experiência extraordinária das jornadas de junho. Segundo ele, vários fatores influenciaram para que os protestos de junho ganhassem a magnitude que ganharam e que o foco do movimento popular deve ser seguir adiante, em conjunto com a periferia e os trabalhadores de forma protagonista. Além disso, Sakamoto falou sobre a importância da educação e das mídias digitais independentes que falem a mesma língua da juventude, ganhando assim mais e mais ativistas para a luta.

As intervenções de Felipe Jesus, advogado preso durante a ocupação da Câmara Municipal de Campinas, e Pedro Serrano, diretor do DCE da USP, ambos do Juntos!, deixaram claro que a juventude brasileira precisa seguir o exemplo dos jovens de todo o mundo, não se deixando impactar pela resposta repressiva dos governos, mas usando sua indignação como combustível para ainda mais luta. Nesse sentido, a greve que construímos junto com milhares de estudantes da USP significou não apenas um imenso aprendizado, mas também uma demonstração da disposição de luta que a juventude brasileira acumulou ao longo do último período.

Esse debate, mais do que uma retrospectiva, foi uma grande oportunidade em que discutimos os desafios do próximo ano, nesse momento em que 2013 chega ao seu fim. A disposição do Juntos! continuará a mesma: ser um instrumento cada vez mais amplo e democrático de mobilização da juventude que se coloque ao lado dos jovens de todo Brasil nos processos de luta pela construção de um futuro que de fato nos pertença.

Fica o convite: em fevereiro realizaremos a quarta edição do nosso acampamento estadual do Juntos! SP e você não pode perder! Anote na agenda e fique ligado nas redes sociais e no nosso site. 2013 foi apenas o começo!