Por que a água aumentou em Campinas?

Lucas Villela Canôas 26/jul/2015, 17h00

〉Desde o ano passado, a falta de água no estado de São Paulo alterou o modo de vida de quem depende do sistema Cantareira, que é o caso de Campinas, ano passado a água aumentou com a desculpa com os gastos com o tratamento terem aumentados e teve uma grande campanha para que a população gastasse menos água. Mas a realidade é que o prefeito não está interessado em reduzir gastos!

SOBRE A SANASA

A SANASA (Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento) é uma autarquia, uma empresa municipal que (teoricamente) cuida de nossa água, lá pode existir os chamados cargos comissionados, também conhecidos como “cargos de confiança”, que o prefeito pode colocar e tirar pessoas quando quiser, isso em si não é problema, o problema é como e usado! Jonas aumentou de 100 (2013) para aproximadamente 600 cargos comissionados, é obvio que os cargos não são de confiança, mas servem como moeda de troca, como retorno aos partidos que apoiaram ele na eleição ou para abrigar pessoas de seu partido e garantir que não fiquem “desempregados”, um exemplo e o ex-vereador Arly de Lara Romeo, do mesmo partido do Jonas e que não foi reeleito, outro caso e do Professor Campos, do PSC, partido da base de Jonas, hoje tem carguinho na SANASA.

MAS ONDE ESTÃO OS GASTOS?

De acordo com o levantamento de um vereador, o custo dos 10 maiores salários da empresa custa 357 mil reais por mês! Jonas, por opção politica, não corta os cargos comissionados e aumenta nossa conta de água! Além disso, o prefeito aumentou de 170 mil reais para quase 6 MILHÕES o gasto com propaganda da SANASA, o que é absurdo, visto que boa parte desse dinheiro foi entregue para a EPTV, filiada da Rede Globo de televisão…deram a desculpa que todo esse dinheiro foi gasto “fazendo campanha para que as pessoas não gastassem água”, pois então, as pessoas não gastaram água e agora essa é uma das “justificativas” do prefeito para o aumento da tarifa de água, as pessoas gastaram menos e atrapalhou as contas da empresa, o que não tem lógica alguma, até porque ontem saiu uma informação de que o faturamento não caiu, subiu. O problema é o mau uso do dinheiro público, com fins de garantir os cargos comissionados e sua moeda de troca!

E agora, Jonas?

Jonas foi eleito em Campinas com 315.488 votos, porém se somarmos os votos nulos, brancos e de seu adversário, temos 469.786 votos que não foram para o prefeito que foi eleito, ou seja, não existe representatividade dele para a população, que não queria nenhum dos dois prefeitos ou não queria Jonas. Agora ele pode ser cassado por usar os mais de 1400 cargos como moeda de troca por apoio político, com isso ele pode ficar 8 anos sem se candidatar a nenhum cargo publico! Além disso, a defensoria pública de Campinas já entrou com processo, contestando o aumento da tarifa, que é ilegal, pois o reajuste pode ser feito a cada 12 meses, sendo que o ultimo reajuste foi feito a menos de 6 meses!

Essa crise da SANASA não é nossa, não queremos pagá-la…ELES QUE PAGUEM!