Colégio Pedro II: História de luta!

11/ago/2011, 17h02

O Colégio Pedro II é o segundo colégio mais antigo em funcionamento no Brasil, o maior da América Latina e a única instituição de ensino citada na constituição. Entretanto, a marca que talvez mais nos orgulhe é o grau ímpar de mobilização de alunos e servidores, que constroem uma história longa de batalhas.
Desde a ditadura o Pedro II se destaca dentro do movimento estudantil, vários dirigentes estudantis da época foram presos ou perderam suas vidas.
Esse ano, em especial, já lutamos por climatização e melhores condições infraestruturais, dando início à uma ‘onda’ de protestos que ficou conhecida como “Sauna de Aula Não!” e uniu milhares de alunos.
Veja os vídeos:
http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1442384-7823-ALUNO+DO+PEDRO+II+DIZ+QUE+FOI+AGREDIDO+POR+PMS+DURANTE+PROTESTO,00.htmlhttp://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1449073-7823-ALUNOS+DO+PEDRO+II+FAZEM+NOVO+PROTESTO+CONTRA+O+CALOR,00.htmlhttp://tvbrasil.ebc.com.br/reporterbrasil/video/13652/


Ainda este ano, os estudantes ocuparam o órgão máximo da instituição, denominado Congregação, no qual não tem direito a voto ou voz, e exigiram a retirada do nome do “Almirante Augusto Rademaker”, que foi membro da Junta Militar de 69, vice-presidente na gestão Médice e responsável pela edição do AI13 e AI14, que instituíram a pena de banimento e a pena de morte no Brasil.
(http://www.cartacapital.com.br/politica/a-licao-do-pedro-ii)
Nesta quarta-feira, mais de 600 servidores decidiram, ao lado dos alunos, deflagar greve por tempo indeterminado, construindo uma luta que transcende os limites corporativos e se afirma como uma luta em defesa da educação pública, sendo assim, encampada por toda a comunidade escolar.
Ainda tem esses dois vídeos das mobilizações:

Comunicado do ato  de 21/02 <http://www.youtube.com/watch?v=grqEgvrs7Sc&feature=player_embedded#at=12>
Mobilização Sauna de Aula Não! <http://www.youtube.com/watch?v=Ck1muYOsGZ4&feature=player_embedded>

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017