Marcha em Brasília em defesa da educação, saúde e reforma agrária!

29/ago/2011, 13h06

por Enilton Rodrigues* e Gustavo Boriolo**
  Brasília foi palco de um grande ato nacional em defesa dos movimentos sociais e servidores públicos, em uma manhã ensoladora com um sol escaldante de quarta feira 24 de agosto de 2011. Várias categorias estiveram presentes, como: professores, estudantes, metalúrgicos, sem-terra, sem-teto e servidores públicos. As caravanas vieram de Norte a Sul do País. Os metalúrgicos também estiveram presente com a sua Campanha Salarial e levantaram suas bandeiras de luta.
   Também estiveram presente estudantes de todo o País, e claro, não poderiam faltar os militantes da Juventude em Luta: representantes da UnB, USP e UFPA estiveram presentes pelo Juntos! na luta pelos 10% do PIB para a Educação Já! Além de diversas delegações o ato reuniu também cerca de quatro mil trabalhadores do MST que permaneceram acampados no estacionamento do Estádio Mané Garricha na luta por Reforma Agrária.
    O Ato foi contra a política econômica do governo Dilma e por aumento geral de salário, em defesa da educação pública gratuita e de qualidade, de mais recursos para saúde pública, pelo fim do Fator Previdenciário, por reforma agrária e redução da jornada de trabalho sem redução de salários.
    O Ato acontece justamente num momento em que o governo Dilma abre todas as torneiras para as indústrias com incentivos fiscais desoneração de folha de pagamento e uma série de benefícios que privilegiam somente os ricos e também no mesmo dia em que milhares tomaram as ruas do Chile lutando em defesa de Educação pública e de qualidade. Inspirados pelos ventos chilenos, o Juntos! está presente na luta contra o PNE do Governo, e na campanha dos 10% do PIB para a Educação Já!
      Vamos Juntos em defesa da educação, contra os corruptos e pela Democracia Real Já!
*Estudante de Engenharia Florestal da UnB e militante do Juntos!
** Estudante de Engenharia Civil da Poli/USP, diretor do DCE da USP e militante do Juntos!