#GreveFederais e a utopia da educação brasileira

19/maio/2012, 16h32

*Pablo Forlan

O Brasil vive um momento complicado na educação que não é exclusivamente dos dias de hoje. O Descaso com a educação seja ela básica média ou superior vem de longa data e reflete no desempenho de todos envolvidos sejam professores ou alunos.

 Dia 15/05/2012 é um marco na história da Educação Superior no Brasil, onde professores de várias Universidades Federais e Institutos aderiram à greve reivindicando melhorias de salário e um plano de carreira prometido desde os anos 90, mas que mais uma vez a promessa não foi cumprida.

Diante de tais circunstâncias, várias mobilizações nacionais estão sendo propostas por estudantes do Brasil todo. A internet que serve tanto para o conhecimento está servindo também para aproximar pessoas de vários locais do país dispostos a ajudar os professores em prol de sua causa e também de reivindicar seus pedidos, como 10% do PIB para educação, melhoras nos campus como: Construção de RU, moradia para os alunos carentes e mais assistência estudantil.

Aqui na Universidade Federal de São João Del Rei – UFSJ não foi diferente, no dia 17/05/2012 vários alunos foram para as ruas apoiando os professore e aproveitando gancho para pedir e mostrar as suas propostas de melhorias da Educação e melhorias nas condições de estudo, transporte e moradia.

Chegamos a um momento importante no Brasil como nunca visto. Vários estudantes apoiando uma causa em prol da EDUCAÇÃO, visando que o Brasil possa melhorar depois desse conturbado processo de greve e que novos dias sejam criados a partir disso.

“ACESSO A EDUCAÇÃO DE QUALIDADE É UM DIREITO DE TODOS.”

*Pablo é estudante de Engenharia Mecânica, da Universidade Federal de São João Del Rei/MG