Eu amo homem, amo mulher, tenho direito de amar quem eu quiser!

12/jun/2012, 17h32

*Juntos Pelo Direito de Amar – Porto Alegre

 

Hoje, no dia 12 de junho, Dia dos Namorados e Namoradas, em Porto Alegre, resolvemos comemorar esta data de outra forma: deixando nossa terça-feira ainda mais colorida e aproveitando a data para reforçar a luta contra a homofobia. O Juntos Pelo Direito de Amar construiu um beijaço pelo Casamento Civil Igualitário e pela Criminalização da Homofobia, juntamente com outras organizações.
Com bandeiras e megafones, promovemos uma agitação na Esquina Democrática, local de lutas históricas da Capital. Reivindicamos e trouxemos a campanha pelo Casamento Civil Igualitário, iniciada pelo deputado federal Jean Wyllys do PSOL-RJ. Coletamos assinaturas para um abaixo-assinado pela aprovação do projeto de emenda constitucional, que visa garantir o casamento às pessoas do mesmo sexo. Também cobramos a aprovação imediata do texto original da PLC 122, que criminaliza a homofobia, pois o massacre a LGBTs continua, tendo só neste ano 106 assassinados.
O pré-candidato a vereador do Juntos Pelo Direito de Amar e pelo PSOL, Lucas Maróstica, reiterou que só a mobilização e a organização de LGBTs garante e o avanço de nossas pautas. A escola também é um ambiente importante para a quebra da homofobia, por isso rechaçamos o veto ao kit anti-homofobia dado pela presidente Dilma Rousseff. O kit fazia parte do programa Escola Sem Homofobia e seria um importante instrumento de combate às opressões dentro das escolas.
Ao longo do ato, mais de cem pessoas participaram, se manifestaram, se beijaram e mostraram a sua indignção. Agora devemos seguir mobilizados, para que possamos amar quem quisermos onde quisermos e quando quisermos. Os conservadores se preparem, pois cenas como as de hoje se depender de nossas mobilizações serão cada dia mais comuns.
Veja todas as fotos do Beijaço aqui.