Eu amo homem, amo mulher, tenho direito de amar quem eu quiser!

12/jun/2012, 17h32

*Juntos Pelo Direito de Amar – Porto Alegre

 

Hoje, no dia 12 de junho, Dia dos Namorados e Namoradas, em Porto Alegre, resolvemos comemorar esta data de outra forma: deixando nossa terça-feira ainda mais colorida e aproveitando a data para reforçar a luta contra a homofobia. O Juntos Pelo Direito de Amar construiu um beijaço pelo Casamento Civil Igualitário e pela Criminalização da Homofobia, juntamente com outras organizações.
Com bandeiras e megafones, promovemos uma agitação na Esquina Democrática, local de lutas históricas da Capital. Reivindicamos e trouxemos a campanha pelo Casamento Civil Igualitário, iniciada pelo deputado federal Jean Wyllys do PSOL-RJ. Coletamos assinaturas para um abaixo-assinado pela aprovação do projeto de emenda constitucional, que visa garantir o casamento às pessoas do mesmo sexo. Também cobramos a aprovação imediata do texto original da PLC 122, que criminaliza a homofobia, pois o massacre a LGBTs continua, tendo só neste ano 106 assassinados.
O pré-candidato a vereador do Juntos Pelo Direito de Amar e pelo PSOL, Lucas Maróstica, reiterou que só a mobilização e a organização de LGBTs garante e o avanço de nossas pautas. A escola também é um ambiente importante para a quebra da homofobia, por isso rechaçamos o veto ao kit anti-homofobia dado pela presidente Dilma Rousseff. O kit fazia parte do programa Escola Sem Homofobia e seria um importante instrumento de combate às opressões dentro das escolas.
Ao longo do ato, mais de cem pessoas participaram, se manifestaram, se beijaram e mostraram a sua indignção. Agora devemos seguir mobilizados, para que possamos amar quem quisermos onde quisermos e quando quisermos. Os conservadores se preparem, pois cenas como as de hoje se depender de nossas mobilizações serão cada dia mais comuns.
Veja todas as fotos do Beijaço aqui.

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017