Lugar de jovem é na rua lutando!

07/set/2012, 11h26

 *João Berkson Rocha Araujo

“Ninguém pode pagar com a própria integridade física o preço do ‘desenvolvimento’ e da falta de respeito dos velhos políticos”.
Foi com este pensamento que estudantes do CCH-UVA e da Escola Jarbas Passarinho de Sobral saíram às ruas no dia 29/08 em protesto contra mais um descaso do poder público municipal de Sobral para com os cidadãos.
Nos últimos meses a obra do VLT de Sobral tem causado diversos transtornos para os cidadãos sobralenses. E este transtorno chegou diretamente para os estudantes. Devido à obra, o trânsito de uma das vias mais importantes da cidade foi desviado para frente de uma escola de ensino médio e para um campi da UVA. Este desvio irresponsável levou insegurança para todos os jovens estudantes e pedestres desta via, já que ela não estava preparada para este fluxo de transito. Esta situação causou acidentes e atropelamentos com pessoas das imediações.
Os estudantes (universitários e secundaristas) procuraram a prefeitura para tentar resolver o problema, porém foram totalmente ignorados, com certeza por ter sido ela mesma a causar. Talvez também tenham ignorado devido ao seu próprio caráter elitista que garante toda a segurança para as escolas particulares e centrais enquanto os estudantes da periferia sofrem diariamente com a insegurança ao irem e voltarem das escolas.
Os estudantes indignados com tal situação e descaso dos velhos políticos deliberaram sair às ruas em uma manifestação histórica na cidade.
Foram às ruas em um protesto criativo, onde os estudantes deitaram no chão enquanto companheiros faziam o contorno de seus corpos simbolizando cenas de crime e as mortes que poderiam vir a acontecer. Fecharam o trânsito por diversas vezes virando noticia em toda a cidade.
Esta manifestação, acima da luta específica (que foi atendida menos de 24 horas depois), significa um marco no movimento social de Sobral e região. Pois ficará como um símbolo da organização dos jovens e de seu atrevimento, coragem e rebeldia. Com certeza após este importante ato, a intervenção direta dos estudantes e jovens de Sobral e região nos problemas de seus municípios, bairros, escolas e universidades tem tudo para virar regra.
E nós do Juntos! estamos muito contentes em termos participado ativamente na organização do ato político em parceria com CAs e Grêmios Estudantil, principalmente pela enormes perspectivas que se abrem para a movimentação social em nossa região. E acima de tudo reafirmamo nosso compromisso de estar permanentemente ao lado da juventude e dos mais oprimidos, sempre articulando e apoiando as lutas da juventude, independentemente dos interesses governistas ou eleitorais das elites da cidade.
Acreditamos também que com esta manifestação o podemos escrever definitivamente o nome Juntos na cidade e região como sinônimos de mobilização e luta.
Pela movimentação de rua e ação direta como ferramentas de luta, estamos Juntos!

*João Berkson é estudante da UVA em Sobral e militante do Juntos!

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017