Juntos construindo uma nova alternativa para a juventude!

30/jan/2013, 21h14

Evelin Minowa e Thiago Aguiar*

No último feriado realizamos o III Acampamento Estadual do Juntos São Paulo. Foram 3 dias de debate sobre as alternativas da juventude no Brasil e no mundo, que misturaram política, cultura, interação e troca de experiências.

486088_480781181979841_1873265247_nO acampamento contou com cerca de 250 jovens de todo o estado, marcando a presença mais de 15 cidades diferentes, incluindo participantes de outros estados, que vieram buscar a experiência da acampada de São Paulo e levar para seus estados. O III Acampamento do Juntos SP mostrou a amplitude da construção do Juntos, contando com estudantes oriundas/os das universidades estaduais USP, Unesp e Unicamp, das federais UFScar, Unifesp e UFABC, de mais de 20 universidades particulares, 15 escolas de ensino médio e técnico, além de uma parcela de jovens trabalhadoras/es.

No primeiro dia o eixo das discussões foi a juventude ocupando a política no mundo, participando das intensas e históricas manifestações contra o sistema econômico colocado e a maneira como os governos tem lidado, transferindo a conta da crise econômica para a população, precarizando ainda mais as condições de vida, gerando níveis de desemprego altíssimos e minando as perspectivas de vida da juventude. Tivemos a contribuição de Pedro Serrano – representante do Juntos! nas mobilizações na Espanha e em Portugal, do jornalista Caio Rubinho – do Campo Debate Socialista, que esteve na Grécia, de Israel Dutra pelo Grupo de Trabalho Nacional do Juntos! e a participação especial do companheiro argentino Nicolas Gonzalez, da Juventude Socialista do MST – um dos maiores agrupamentos de juventude na Argentina. A vinda do companheiro Nicolas também teve como centro a construção do I Acampamento Internacional da Juventude, cuja organização o Juntos! protagoniza, em conjunto a outras organizações de juventude na Argentina, Venezuela e Peru.

No segundo dia nosso eixo foi a situação em que se encontra o Brasil e o estado de São Paulo. Na mesa sobre o por que a juventude brasileira precisa construir uma alternativa tivemos a grande participação do deputado estadual pelo PSOL e ex candidato a prefeito na capital Carlos Giannazi, e de Leandro Recife, da Executiva Nacional do PSOL. O Juntos! nas eleições de 2012 tomou para si a tarefa de ser linha de frente contra a velha política, tendo o PSOL como aliado. Os companheiros do PSOL contribuíram com o debate sobre não haver vazio na política, e que se nós dizemos não gostar da política, os velhos políticos profissionais adoram e ocupam de maneira corrupta e oportunista. Também contribuíram Thiago Aguiar, diretor da UNE pela Oposição de Esquerda, e Giulia Tadini pelo coletivo Juntas!, trazendo à tona as posturas do governo federal em relação aos direitos humanos e à educação, bem como o papel dos coletivos de juventude que são atrelados ao governo, perdendo sua autonomia e independência de crítica e corroborando na defesa de uma política para o Brasil que não rompe com o sistema capitalista, pelo contrário, faz concessões de questões centrais, em nome de uma suposta governabilidade que no fundo faz da política um grande balcão de negócios.

Neste dia também discutimos a principal luta do próximo período, que será o aumento das tarifas de ônibus e metrô em São Paulo. Como foi apontado por Maurício Costa, presidente municipal do PSOL São Paulo, que contribuiu nesse debate, o aumento já está sendo previsto em vários estados, e na capital a previsão é para maio/junho de 2013. Temos a oportunidade de nos armarmos para barrar esse aumento, organizando atividades, debates e comitês desde agora. Nesse sentindo, o Juntos! Campinas e São Carlos já tem experiências de como nos organizarmos, e a Rede Emancipa de Cursinhos Populares será uma grande parceira e construtora também. O Juntos! defende o direito à cidade e o transporte é determinante para a vida de toda a população, sejam estudantes e trabalhadoras/es.

SONY DSCUm ponto marcante do III Acampamento foram as participações dos cartunistas Latuff e Laerte. O cartunista Latuff, um grande ativista que acompanha e intervem com seu trabalho nos principais acontecimentos políticos no Brasil, trouxe o debate sobre o papel e o poder da comunicação e da arte, e como podemos utilizá-la a favor dos nossos movimentos.

Laerte contribuiu muito com o debate sobre gênero e diversidade sexual, onde discutimos o preconceito e o conservadorismo que oprimem as mulheres e a população LGBT. Um ponto marcante foi o debate sobre a maneira como o humor reproduz as relações de opressão de gênero e orientação sexual. É necessário e possível a construção de outro tipo de humor, e a crítica deve ser feita aberta na sociedade. Ambos, Latuff e Laerte contribuíram muito com o nosso Acampamento e se colocaram como parceiros do Juntos!

537159_482285201829439_1960862021_nUm momento fundamental para nossa organização foram as reuniões do Juntos nas Escolas (secundaristas) e do Juntos nas Universidades. A reunião do Juntos nas Escolas contou com mais de 50 participantes, e apontou a intensificação na construção e consolidação de grêmios, e o protagonismo estudantil nas escolas. Já o Juntos nas Universidades discutiu a importância da articulação entre as universidades no estado, a tarefa de construção de centros e diretórios acadêmicos, e a preparação da intervenção do Juntos! no próximo Congresso da UNE, em julho desse ano.

Por fim, no domingo fizemos uma avaliação do acampamento e dividimos as perspectivas de construção do Juntos! resumindo o acúmulo das discussões em uma carta com os eixos e encaminhamentos votados na plenária final. Destacamos o apontamento da construção de 2 setoriais muito importantes, que denotam a ampliação da influência e construção do Juntos: a setorial Negras e Negros e a setorial Juntos Superando Barreiras, para a inclusão de pessoas com mobilidade reduzida.

SONY DSCSaímos do III Acampamento com o espírito armado para as batalhas de 2013. Um ano que promete o enfrentamento com a concepção de cidade que não pensa no que é melhor para as pessoas, mas sim favorece as empreiteiras, grandes empresas de transporte e construção civil, a grande mídia e meios de comunicação. Com um governo estadual que reprime violentamente a participação da sociedade civil e um governo federal que escamoteia seus reais planos atrás de concessões de direitos que deveriam ser garantidos de forma plena e não negociados como moeda de troca na política nacional. Com o exemplo dos jovens gregos, espanhóis, portugueses, egípcios, chilenos, peruanos, argentinos, saímos com a convicção de que não estamos sozinhos na construção de uma alternativa no Brasil e no mundo.

Veja aqui os encaminhamentos da plenária final do III Acampamento Estadual do Juntos SP!

“Vem, vem com a gente! Queremos um futuro diferente!”

Rumo ao I Acampamento Internacional da Juventude, em Buenos Aires em março!

*Evelin Minowa e Thiago Aguiar são do Grupo de Trabalho Nacional do Juntos!