Pais das vítimas do massacre de Cromañón lançam comunicado sobre tragédia de Santa Maria

28/jan/2013, 13h22

No dia 30 de dezembro de 2004, na Argentina, ocorreu uma tragédia com diversos pontos em comum com a que chocou o mundo no último domingo em Santa Maria – RS. Da Tragédia de Cromañón surgiu a mobilização da sociedade para exigir investigações e punições aos culpados resultando na prisão de empresários, músicos e autoridades.

Quando as notícias sobre Santa Maria se espalharam pelo mundo, a Associação dos Pais das Vítmas da tragédia de Cromañon lançou o comunicado que segue:

Passam os anos e as histórias se repetem

Passam os anos e as tragédias não naturais provocaddas pela ambição e pela corrupção se repetem implacavelmente.

Profundamente comovidos, cabe a nós o susto, chocados e magoados, revivendo em cada imagem tudo o que vivemos há 8 anos assistindo a essa nova tragédia que leva a vida de 232 jovens. Situações idênticas a Cromañón se somam uma a uma formando novamente uma história que, mesmo repetida, não deixa de comovermos.

Outra vez a inversão de valores, o lucro antes da vida, outra vez uma banda ambiciosa e inconsciente matando com suas atitudes irresponsáveis, como na pirotecnia da banda em Cromañón, portas fechadas, falta de saídas de emergência, jovens abrindo buracos nas paredes para tentar salvar os companheiros presos, público em quantidade superior ao que é permitido, licenças vencidas, local sem inspeção há mais de 4 meses, tudo igual ao Massacre da República de Cromañón.

Outra vez as autoridades corruptas prepararam uma armadilha mortal em que uma banda cheia de fumaça e um empresário ambicioso cheio de gases letais, construiram uma câmara de gás. Amanhecemos com as imagens de horror que nos levaram infalivelmente ao 30/12/04 e voltamos a afirmar com grande tristeza e profunda convicção que a corrupção mata, que os sinalizadores matam, que os músicos e empresários ambiciosos matam, como matam os políticos corruptos.

Com a profunda dor de reviver esta tragédia nos solidarizamos com os pais, familiares e amigos das vítimas da Boate Kiss, nos solidarizamos com essa dor que destrói a mente, a alma e o corpo, apoiando o pedido de justiça que muito em breve faremos escutar.

Familias por la Vida.