Fora Renan: Mais de 1 milhão contra o maior ladrão!

25/fev/2013, 21h28

Juntos pelo Fora Renan em São Paulo
Juntos pelo Fora Renan em São Paulo

*Júlio Câmara

Cinco anos após ter renunciado pressionado pelas mobilizações populares, Renan Calheiros volta à Presidência do Senado. Desde então, um abaixo-assinado pedindo a renúncia de Renan arrecadou mais de 1 milhão de assinaturas e diversas manifestações estão sendo organizadas para exigir o seu impeachment, já que ele é acusado pela Procuradoria-Geral da República de ter praticado três crimes: peculato, falsidade ideológica e utilização de documento falso.

Na prática, Renan Calheiros roubou dinheiro público: Gastou verba do seu gabinete e apresentou notas fiscais falsas na prestação de contas. E agora substitui José Sarney com o apoio da base do  Governo Federal, em uma votação secreta, que considera importante a aliança com Renan para a aprovação de projetos.

Passeata contra Renan Calheiros em Porto Alegre

Passeata contra Renan Calheiros em Porto Alegre

O último fim de semana foi de mobilização e ocupação das ruas de mais de 30 cidades do Brasil com gritos de “Ôô Renan, agora eu sei: o teu lugar é na cadeia com o Sarney”.  Em Porto Alegre, com diretórios acadêmicos, DCE’s e movimentos sociais, fomos mais de 300 do Parque da Redenção até a Usina do Gasômetro denunciando Renan com palavras de ordem, músicas e panfletos muito bem recebidos pela população que não vacilou ao manifestar seu apoio.

Em São Paulo, a Avenida Paulista foi ocupada por quase 1.500 pessoas, com representações de DCE’s, Grêmios Estudantis, professores e diversos movimentos sociais, durante algumas horas.

Em Belém, no Pará, o ponto de diálogo com a população para denunciar Calheiros foi a Praça da República diante do monumento que representa o regime democrático e a liberdade. Na cidade, estamos organizando um próximo ato para o dia 10 de março, às 9h, no mesmo lugar.

Na capital do Rio de Janeiro, a caminhada foi na orla de Copacabana com gritos e cartazes exigindo a saída de Renan. Com adesão de banhistas pelo caminho, o ato foi encerrado no Leme.

Além da entrega das 1,6 milhão de assinaturas do abaixo-assinado no próprio Senado, também ocorreram manifestações populares próximas ao Senado.

A eleição de Renan  Calheiros para a Presidência do Senado é um deboche para a população brasileira. Não podemos assistir esse desrespeito pelos noticiários, precisamos ser protagonistas da nossa história. Pelo fim da corrupção nós seguiremos Juntos! nas ruas para fazer ruir os pilares da velha política!

*Júlio Câmara é do Grupo de Trabalho Estadual do Juntos! RS

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017