E no Pará como é que é? ESTÁ VIRANDO ESSA MARÉ!

12/maio/2013, 21h03

*Viviane Reis

As águas do Pará estão agitadas e a oposição de esquerda está mostrando que a maré já vai virar!

Nas Universidades públicas do Pará as vitórias iniciaram na UFOPA (Universidade Federal do Oeste do Pará) com a conquista de 100% dos delegados, todos inscritos na chapa organizada pelo JUNTOS! E no último dia 09 de maio foi a vez da UEPA (Universidade do Estado do Pará) mostrar a força da Oposição de esquerda.

Duas chapas estavam disputando o pleito na UEPA: a Majoritária da UNE inscreveu o “Bloco na rua” (chapa 1), enquanto a oposição de esquerda, direcionada pelo JUNTOS!, representou a juventude que “Vai virar essa maré” (Chapa 2).

Desde a inscrição de chapa a oposição de esquerda ganhou destaque, pois contou com mais de 130 membros inscritos e recebeu apoio de vários centros acadêmicos, diretórios acadêmicos e representantes estudantis dos diversos núcleos.

UJS e PT, de que lado vocês sambam?

A conjuntura da UEPA estava favorável à disputa política, pois recentemente houve eleição para REItoria, ou melhor, eleição da lista tríplice, afinal quem escolhe o/a REItor/a é o governador do Estado e não a comunidade acadêmica. Durante esse processo precedente a eleição para o CONUNE, o JUNTOS posicionou-se a favor do voto nulo e contra a lista tríplice. Na contramão do movimento estudantil de luta, o grupo da Majoritária da UNE tomou para si a tarefa de cabo eleitoral da chapa de continuidade da atual gestão da REItoria, sendo está mais uma prova do aparelhamento político da Majoritária da UNE.

O mar está agitado. E agora?

Esse mar agitado da UEPA que tem como realidade a falta de democracia, obras paradas há anos, bibliotecas com goteiras, laboratórios com reagentes fora da validade (isso quando tem material para a prática), pagamento de bolsas atrasados, assistência estudantil deficitária, carência de professores efetivos nos núcleos dos interiores e etc, deixa claro aos estudantes que precisamos virar essa maré e exigir mais investimentos para a educação!

De modo que o programa da oposição de esquerda conquistou mais de 800 votos, correspondendo a quase 70% do total. Além disso, das seis urnas de Belém, somente em uma a chapa 1 recebeu mais votos. Dos votos dos campi de saúde e tecnologia da capital o “Bloco na rua” totalizou somente 11 contra 289 do “Vai virar essa maré”, a maioria dos interiores também estavam apoiando a chapa da oposição de esquerda.

Confira os resultados da eleição da UEPA:

 

Chapa 1 – Majoritária da UNE (UJS, CNB e Kizomba) “Bloco na Rua” – 411 votos (5 delegados)

Chapa 2 – Oposição de Esquerda (JUNTOS e UJR) “Vai virar essa maré” – 866 votos (10 delegados)

Brancos e nulos – 4 votos

 

Mas nossa tarefa ainda não terminou, ainda temos as eleições das demais faculdades e Universidades, especialmente da UFRA (Universidade Federal Rural) e UFPA (Universidade Federal do Pará).

Na UFRA a votação é na segunda (dia 13) contra o Levante Popular da Juventude. Na UFPA, maior Universidade do Norte do Brasil, a eleição será bem acirrada, pois são quatro chapas disputando 54 delegados. Porém a juventude não tem medo de lutar e essa maré vamos virar!

 

Que as conquistas do Pará sirvam de motivação para os companheiros e as companheiras da oposição de esquerda de todo Brasil. Estamos JUNTOS de Norte a Sul virando essa maré!

*Coordenadora Geral do DCE-UEPA, estudantes de fisioterapia, militante do juntos

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017