Greve dos ferroviários da CPTM: Só venceremos juntos!

13/jun/2013, 09h33


*Gabriel Lindenbach

FOTO 1Na noite dessa Quarta Feira, 12/06, após assembleia unificada, os trabalhadores ferroviários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) decretaram greve por tempo indeterminado. Essa Assembleia foi a resposta da categoria à CPTM que, nos últimos meses, vem ignorando a mobilização por aumento salarial e à recusa à proposta apresentada pelo Tribunal Regional do Trabalho de um aumento de 8,67% nos salários. Esses trabalhadores tem péssimas condições de trabalho em inúmeras das linhas mais saturadas, cheias e desestruturadas de nossa malha de transportes sobre trilhos. Trens insuficientes, velhos e lotados que devem garantir o transporte da população menos favorecida em São Paulo, moradores dos bairros mais distantes das zonas periféricas aos seus trabalhos. Muitos desses trabalhadores tem ainda que fazer integração com trens do Metrô igualmente cheios e com os ônibus escassos e superlotados, pagando abusivos R$3,20 para chegar aos seus locais de trabalho.

FOTO 2A luta dos trabalhadores ferroviários é uma luta que deve ser tomada por todos que defendem um Transporte Público de qualidade e acessível à todos. Para repetir Porto Alegre e Goiânia e termos vitórias, é necessária a unidade da luta dos estudantes e da população de São Paulo por um transporte menos caro e de melhor qualidade com a luta dos trabalhadores ferroviários. #JuntosSomosFortes!

Jovens e trabalhadores nas ruas, parando o Brasil contra o aumento!

Após as vitórias das mobilizações em Porto Alegre, Goiânia e Manaus, que derrubaram o aumento abusivo das tarifas de ônibus e as grandes demonstrações de força dos 12 mil em São Paulo na última Terça e de outras mobilizações contra o aumento das tarifas pelo Brasil, como Rio de Janeiro e Natal, a juventude e a população vivenciam um importante momento histórico de nosso país, de enormes ações coletivas de dezenas de milhares de pessoas que nos aproximam cada vez mais de novas vitórias.

Nessa Quinta Feira, pararemos diversas cidades de Norte a Sul do Brasil no Dia Nacional de Lutas contra o Aumento da Tarifa. Em diversos cantos do país, um sentimento, uma perspectiva: #ARuaÉNossa!

*Gabriel Lindenbach é estudante de Geografia, diretor do Diretório Central dos Estudantes da USP e militante do Juntos São Paulo.

FOTO 3