#ForaVBL: O inimigo agora é outro!

13/ago/2013, 11h40

Juntos!MA

            Há seis meses iniciamos uma luta contra a máfia do transporte público em Imperatriz. O Movimento #ForaVBL (que faz menção ao nome da empresa detentora da 75% das linhas municipais) tem como principal reivindicação a melhoria do transporte público coletivo da cidade. Fomos às ruas muito antes do tal “gigante acordar” em todo o país. A empresa possui um contrato de concessão até o ano de 2028 e em menos de quatro anos de serviço já quebrou treze cláusulas contratuais. Por cinco meses a prefeitura municipal foi omissa, e só quando a situação ficou insustentável, o prefeito se pronunciou. Foram dados prazos e mais prazos para que a empresa se regularizasse, no entanto, mesmo sem haver o cumprimento das exigências, a VBL permanecia atuando nas ruas e desrespeitando os direitos dos estudantes, trabalhadores, cadeirantes, idosos e etc.

Em ação coletiva do Ministério Público, o Promotor do Consumidor, Sandro Bíscaro listava todas as irregularidades da empresa, as normas descumpridas e pedia a rescisão do contrato imediatamente. A Juíza substituta da Vara da Fazenda, Ana Lucrécia, deferiu o pedido e em ordem judicial autorizou o rompimento. Pouco tempo depois, a prefeitura anunciou o rompimento do contrato com a empresa. Mas como já imaginado por todos, como uma ‘boa’ máfia que se sustenta com lucro exacerbado da população; a VBL recorreu.

brenda2

Imperatriz não é quintal de São Luís!      

Mesmo com todas as provas do serviço insuficiente e desumano que a empresa presta a cidade, três desembargadores do TJ de São Luís (capital) se pronunciaram a favor da empresa e derrubaram todas as liminares locais que quebravam o contrato. É importante ressaltar também uma curiosa peculiaridade: o advogado da VBL é filho do presidente do TJ-MA! Exatamente, o advogado que pediu para derrubar a decisão que saiu de Imperatriz é filho de quem “bateu o martelo”.

Agora, nossa luta é com o judiciário e contra as os acordos de família dentro do TJ. Queremos respeito! Não podemos aceitar que três desembargadores que vivem em uma realidade muito distante da nossa, nos obrigue a “engolir” um transporte falho, desestruturado, insuficiente e DESUMANO. Imperatriz acordou e não será São Luís que irá nos calar!

Os que antes esperavam por um chamado da liderança do movimento, agora, também constroem as manifestações, como é o caso dos estudantes secundaristas do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) que desde a semana passada fecham vias e reivindicam em órgãos públicos. Uma caravana de estudantes, sindicalistas, vereadores e professores se deslocaram para São Luís para pedir o apoio dos deputados estaduais e fazer pressão no TJ-MA. O presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo, se comprometeu a enviar um documento ao Tribunal de Justiça, pedindo esclarecimento pelas decisões em apoio à VBL. Os recursos do MP e da prefeitura serão julgados na tarde da próxima quarta-feira (14).

brenda1

 

Estamos incomodando. Estamos no caminho certo!

A luta ganhou proporções inimagináveis! Nos encaminhamos ao dito ‘ponto principal’ do estado; São Luís. Levaremos a luta para onde for preciso ser levada. Brasília? Por que não?

Se estão pensando que as barreiras geográficas vão nos parar, é porque ainda não nos conhecem.

Quem duvidou lá no começo, em janeiro, de sete estudantes com um ideal e de que chegaríamos até aqui: perdeu a aposta!

NENHUM PASSO ATRÁS! #ForaVBL e fora todas as máfias de transporte do país!

 

– LINK DO VÍDEO PRODUZIDO PELO MOVIMENTO:

http://www.youtube.com/watch?v=1YnBjPqmprI

Juntos!MA