Juntos na Escola SESC: ajudando a organizar os grêmios da juventude da Zona Oeste do Rio!

03/nov/2013, 17h39

*Felipe Aveiro

Nesta semana o Juntos! participou do seminário “Juventude e Política”, parte da programação do “Escola Aberta 2013”, evento realizado pela Escola SESC de Ensino Médio, em Jacarepaguá. Além dos 495 alunos (entre 15 e 18 anos) da própria escola, o evento foi aberto a outros estudantes da região.

Convidados por uma demanda dos próprios alunos que acompanharam o Levante de Junho através da mídia tradicional e das redes sociais – já que a escola tem regime de internato – o debate teve como eixo norteador a importância da participação da juventude e dos estudantes na política, bem como a importância fundamental da organização e mobilização, nas redes e nas ruas, para seguirmos alcançando conquistas.

Os militantes do JUNTOS! do Rio de Janeiro Maíra Tavares Mendes e Felipe Aveiro foram conduzidos no bate-papo por Ana Clara Mesquita e Gabriel Estrela, alunos da atual gestão do grêmio, e debateram e tiraram as dúvidas de diversos alunos cansados com a política tradicional “de gabinete” e dispostos a discutir a conjuntura política, bem como os próprios limites da nossa democracia.

Na parte da tarde, participaram do Encontro de Grêmios, com a participação de representantes da Escola Parque (Barra), Colégio São Vicente de Paulo (Cosme Velho) e do Colégio Estadual Erich Walter Heine (Santa Cruz). No encontro foram discutidas a importância do movimento estudantil e da participação democrática, além dos alunos terem trocado algumas experiências à respeito de suas atuações nas respectivas escolas.

Os grêmios levantaram a importância da organização política dos estudantes no espaço onde atuam, debateram os diferentes métodos de organização e experiências positivas em cada uma de suas escolas. Chama atenção que enquanto algumas escolas possuem mais estrada na história de seus grêmios, outras possuem grêmios bastante recentes, mas em todos os casos a preocupação é de como mobilizar os alunos para transformar sua realidade. Destaque para o relato do Grêmio do C. E. Erich Water Heine, que conta em sua gestão com muitos estudantes que mobilizaram a escola e exoneraram uma diretora autoritária e corrupta.

O encontro impressionou pela disposição e inteligência desses jovens indignados, ávidos pelo debate, e saímos de lá com o convite para retornarmos para realizar uma sessão de nosso Cine-Debate Itinerante, além de discutir direitos e sexualidade através do Juntos! Pelo direito de amar.

Saímos de lá com a certeza que essa nova juventude aguerrida vai dar o que falar! E depois do ano de 2013, nunca mais seremos os mesmos.

foto_RJ

Foto: Raquel Albuquerque

* Felipe Aveiro é jornalista e militante do Juntos RJ

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017