II Acampada do Juntos! no Sul: Copa do Mundo, legalização, feminismo e mais lutas!

27/fev/2014, 10h13

Acampada Sul

 

No último final de semana, mais de duzentos jovens se reuniram no município de Viamão – RS para fazer acontecer a II Acampada de Verão do Juntos / Sul. Ao lado da cidade de Porto Alegre, que inspirou o Brasil em 2013, os ativistas construíram três dias de debates e trocas de experiências entre banhos de piscina.

Ignorando o calendário tradicional, é difícil dizer onde acabou 2013 e onde começou 2014. Depois de milhões nas ruas do Brasil questionando os governantes que defendem os interesses dos ricos, os rolezinhos tocaram o terror nas elites que temem a junção de jovens pobres, Porto Alegre foi o cenário para uma histórica e vitoriosa greve dos rodoviários que já inspira trabalhadores de Minas Gerais, Paraná e São Paulo. A organização dos movimentos sociais segue se fortalecendo e promete muita luta para o próximo período.

No meio de tudo isso, acampamos para refletir sobre o que fizemos e para organizar nosso batalhão para o tempo que está chegando.

Asilo para Snowden

A campanha para que o Brasil conceda asilo político para Edward Snowden, liderada por David Miranda, Juntos! e Avaaz, esteve presente na abertura da acampada e com encaminhamento de solidariedade na plenária final. Seguiremos fortalecendo a campanha internacional por asilo a  Snowden no Brasil contra a espionagem massiva do imperialismo sobre os cidadãos e governos do mundo.

– Juntas e LGBTs – Gênero e Diversidade Sexual: Junt@s contra a opressão

As lutas das mulheres e dos LGBTs se encontraram na manhã de sábado na oficina organizada pela setorial feminista (Juntas!) e também pela LGBT. Em mais de duas horas de debate, foi encaminhada a construção do seminário nacional da Juntas! Em abril na cidade de São paulo, campanhas contra o trote opressor nas universidades, contra o turismo sexual e hipersexualização da mulher negra. Os militantes também se organizarão para realizar atividades de combate aos preconceitos nas escolas.

Juntos pela legalização – Incendiando o debate

Na mesma manhã de sábado, botamos fogo no debate sobre a legalização da maconha. Foi o ato oficial de fundação da setorial Juntos! Pela legalização que pretende debater um modelo de legalização para superar os problemas de saúde pública e violência urbana gerados por políticas proibicionistas. E já temos um encontro marcado: Vamos ajudar a construir a Marcha da Maconha no sul do Brasil.

Juntos! Nas escolas

Os secundaristas do Juntos! Se reuniram para um bate-papo na tarde de sábado. Com relatos sobre suas escolas e cidades, conversas sobre movimento estudantil e muitas ideias pipocando na cabeça, avançamos na construção da Semana Edson Luís. Será uma semana de intensas mobilizações nas escolas do Brasil que começará no dia 28 de março e passará pelo dia 1º de abril – quando completará 50 anos do golpe que implantou a ditadura civil-militar que assassinou Edson Luís (um secundarista paraense) no Rio de Janeiro.

Bate-papo com os rodoviários

A presença de trabalhadores rodoviários agitou o final da tarde de sábado. Esse bate-papo teve clima de reencontro entre estudantes e trabalhadores estiveram juntos na histórica e vitoriosa greve que parou o transporte coletivo de Porto Alegre durante quinze dias.

Nos orgulhamos de ser a juventude piqueteira que marcou presença nas garagens durante todos os dias para prestar solidariedade aos rodoviários em greve. Sabemos que a aliança dos jovens e trabalhadores é uma arma fatal quando disparada contra a burguesia.

Copa da Fifa: O povo no banco de reserva

O assunto do ano foi tema de debate na mesa que contou com a participação da vereadora de Porto Alegre Fernanda Melchionna (PSOL), Jurandir Silva (Juntos! Pelotas), Jaína Vieira (Juntos! Santa Maria) e Honório Oliveira que veio do Rio de Janeiro representando o mandato do deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL).

Foram denunciadas as contradições do evento que faz o governo federal destinar bilhões de reais para obras de estádios e remove comunidades pobres enquanto seguem insuficientes os investimentos em áreas sociais como a moradia, saúde e educação. E para quem se manifesta por uma inversão dessa lógica que enriquece os ricos e tira direitos dos pobres, os governantes preparam mais repressão aos movimentos sociais através da lei antiterrorismo.

Cada vez mais fica mais evidente a necessidade de debater a desmilitarização da polícia militar que, dias antes da acampada, atacou covardemente os jovens que se manifestavam contra o aumento da passagem em Santa Maria – RS.

Não mude o clima, mude o sistema

No domingo, a oficina da setorial de preservação do meio ambiente contou com a participação do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) e um debate sobre a campanha “Contra o uso de agrotóxicos e a favor da vida” – que o Juntos! já aderiu.

Entre os encaminhamentos da oficina está a construção de uma campanha em defesa da água potável, solidariedade à luta contra as hidrelétricas do norte do Brasi e contra as megamineradoras argentinas, solidariedade às famílias acampadas do MST, indígenas e quilombolas contra a ofensiva ruralista.

A setorial também assumiu o compromisso de desenvolver políticas sustentáveis para os próximos eventos do Juntos!

Tire seu racismo do caminho que eu quero passar com a minha cor

A setorial de negros e negras do Juntos!, incansável na luta contra o racismo, assumiu a tarefa de produzir uma cartilha de formação sobre a questão racial e combate ao racismo. A defesa das ações afirmativas nos programas de graduação e pós-graduação das universidades motivará muita mobilização dos jovens no próximo período.

Mídia brasileira: Do golpe militar às ruas de junho

No momento em que a Rede Globo avança nos ataques covardes e mentirosos contra o deputado Marcelo Freixo a fim de esvaziar as ruas do país e temos a ascensão de fascistas na TV como a jornalista Rachel Scherazade (SBT), a luta pela democratização da mídia se faz mais necessária.

Além do repúdio à Rachel Scherazade que dissemina preconceito sob o manto da liberdade de expressão, os ativistas acompanharão o debate sobre a Lei da Mídia Democrática e os currículos dos cursos de Comunicação Social e colaborarão permanentemente com a Rede Juntos! A atividade contou com a participação do jornalista Samir Oliveira do Sul21.

A atualidade da Revolução

Com a crise econômica mundial aberta em 2007 vivenciamos levantes populares no mundo todo, inclusive no Brasil com as jornadas de junho. Essa nova situação mundial colocou em cheque o modelo capitalista e atualizou a necessidade de uma revolução que construa uma sociedade mais justa, humana e igualitária.

Para fazer esse debate contamos com as presenças da fundadora do Juntos! e professora da rede pública estadual do RS, Camila Goulart, de Roberto Robaina, historiador, presidente da fundação Lauro Campos e membro da direção nacional do PSOL, Luciana Genro, ex-deputada federal e pré-candidata a vice-presidente da república pelo PSOL e com uma importante convidada internacional, Jesi Gentili, da direção nacional da juventude do Movimento Socialista dos Trabalhadores da Argentina, organização parceira do Juntos. Jesi foi convidada, pois essa luta que travamos tem que ser internacional, isso pressupõe o apoio e a solidariedade aos povos e organizações do mundo todo que se organizam e contestam essa lógica do capital.

O debate foi muito rico. Iniciou com os conceitos básicos do marxismo, passando pela conjuntura internacional, nacional e a necessidade de organizar nossa indignação contra o sistema capitalista em pautas concretas para através da mobilização de massas obter conquistas e construir outro mundo possível.

Eleito um Grupo de Trabalho Estadual do Rio Grande do Sul

Na plenária final, na tarde de domingo, antes do show de encerramento com o músico Tonho Crocco, foi eleito um Grupo de Trabalho que será responsável por organizar o Juntos! no estado, ligando as pontas de todas as regionais. Segue a lista:

  • Júlio Câmara (Juntos! Poa)
  • Fabiana Lontra (Juntas! Poa)
  • Tiago Loblein (Juntos! Poa)
  • Fabiana Amorim (Juntas! Poa)
  • Ricardo Souza (Juntos! Poa)
  • Jaína (Juntos! Santa Maria)
  • Guly Marchant (Juntos! Poa)
  • Winnie Bueno (Juntos! Pelotas)
  • Bruno (Juntos! Pelotas)
  • Fabrício Sanchez (Juntos! Pelotas)
  • Rodrigo (Juntos! Pelotas)

Já temos encontro marcado para antes do II Acampamento Internacional: Será nas ruas, passeatas, marchas, ocupações, greves, piquetes, trancaços, panfletagens, debates, plenárias, assembleias.

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017