Lutar não é crime! Pela imediata libertação dos presos políticos do ato desse sábado (22)!

22/fev/2014, 20h20

Neste sábado (22), cerca de mil manifestantes ocuparam as ruas do centro da cidade de São Paulo exigindo mais direitos e questionando os custos da copa no nosso país.

Horas antes, na praça da República (local da concentração), muitos policiais militares e do batalhão do choque já cercavam o local. Além disso, no entorno, a presença da polícia era ostensiva.

Enquanto a manifestação seguia, a polícia começou um cerco aos manifestantes e os dividiu em grupos. O que se viu depois foram as dezenas de prisões arbitrárias dos manifestantes e a truculência da PM com agressões, socos e chutes.

A estimativa é de que mais de 100 pessoas estão presas nesse momento e estão sendo encaminhadas para as delegacias da região. Jornalistas foram agredidos e impedidos de registrar imagens da repressão policial. Nós exigimos a libertação imediata dos detidos! Pelo direito à livre manifestação!

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017