Democracia na UFRGS já! Em defesa do movimento estudantil, estamos juntos contra o Golpe do DCE!

10/abr/2014, 10h16

Juntos! UFRGS

O ano de 2014 na UFRGS começou com uma série de ataques autoritários da atual gestão do DCE aos estudantes e à democracia e autonomia do movimento estudantil.

A gestão “DCE de Verdade – Nosso partido é o estudante”, eleita com a aparência de chapa “apartidária”, contou já na cerimônia de posse com a presença de Tiago Duarte, vereador do PDT, saudando a vitória do grupo na universidade. O ano letivo ainda nem havia começado e o Diretório Central de Estudantes tentou expulsar do Campus Vale a tradicional Videoteca do Vale, onde estudantes, servidores e moradores dos arredores alugavam filmes por um valor muito abaixo do mercado. A videoteca só resiste devido a uma grande mobilização de alunos. Ainda antes do início das aulas o DCE tentou realizar um Conselho de Entidades de Base, o fórum mais democrático dos representantes de cursos, sem reconhecer diretórios e centros acadêmicos presentes, além de ter convocado o CEB apenas pelo seu site.

Os estudantes também foram surpreendidos com a “promoção exclusiva para alunos do curso de Direito”, que daria isenção na taxa para a renovação do cartão TRI, usado em ônibus, somente para estes alunos. Na verdade era uma clara tentativa de conquistar apoio político e também prejudicar financeiramente o CAAR, centro acadêmico do Direito, que não concorda com as posições do DCE. A “promoção” foi rechaçada por estudantes de diversos cursos.

Nos corredores dos Conselhos da REItoria, o DCE também tenta aprovar o Parecer 404/2012. Boa parte dos alunos não sabe a ameaça que isso significa: Se essa proposta for aprovada, todos processos eleitorais dos estudantes, desde o teu centro acadêmico até as eleições para o DCE, ficarão sob responsabilidade total da Direção do teu curso e da Reitoria. Todos temos direito de nos organizar como bem entendemos, sem intervenção de reitores. É o maior ataque à autonomia do movimento estudantil dos últimos anos! Este parecer foi derrotado em 2012, com muita mobilização. Venceremos novamente na próxima reunião do CONSUN!

Ao mesmo tempo, o DCE tentou aprovar autoritariamente um novo estatuto para a entidade estudantil, por meio de assembleias “consultivas” e sem qualquer possibilidade de real debate sobre possíveis propostas. As assembleias foram convocadas para turnos esvaziados na universidade. Desrespeitaram o estatuto atual da entidade, construído por centenas de estudantes, ao ignorar a necessidade de realizar um Congresso Estatuinte para debater e decidir democraticamente quaisquer mudanças. O “novo estatuto” prevê eleições e assembleias online e retira o compromisso da entidade de defender uma universidade Pública e Gratuita.

Além de não representar os estudantes com ações que só beneficiam a pequena gestão, o DCE também ataca as conquistas do movimento estudantil histórico da UFRGS. Queremos defender a Democracia dentro da universidade. Os estudantes precisam ser ouvidos pelo DCE e pela Reitoria! Nem a Ditadura conseguiu acabar com a organização dos estudantes. Estamos juntos contra o Golpe do DCE da UFRGS!

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017