Vai virar a maré: um novo DCE para mudar a UnB!

13/abr/2014, 23h29

*Ayla Viçosa

Foto-0053Estudantes da Universidade de Brasília: as eleições para a nova gestão do Diretório Central dos Estudantes Honestino Guimarães se aproximam! E junto com isso, a nova chance que temos de, efetivamente, mudarmos o rumo do movimento estudantil e também da nossa própria Universidade.

Os últimos dois anos de gestão “Aliança pela Liberdade” no nosso DCE nos mostraram a incapacidade e falência de um projeto de DCE atrelado a Reitoria e pouco comprometido com as causas estudantis. A atuação desse grupo em processos importantes da universidade nos últimos tempos tem sido nefasta. Como exemplo temos a total ausência da Aliança pela Liberdade na luta dos estudantes da Assistência Estudantil, na fundação do CASSIS (Centro Acadêmico de Assistência Estudantil) para organizar e representar as pautas dos estudantes de baixa renda, e o recente vexame no episódio da votação das Cotas Raciais, onde a Aliança pela Liberdade foi o único grupo dos estudantes a votar CONTRA a permanência da política de cotas raciais na Universidade de Brasília.

Na universidade de Honestino Guimarães – estudante de Geologia e militante do movimento estudantil morto na época da Ditadura – é inaceitável que tenhamos mais uma vez, em nosso DCE, um grupo totalmente descomprometido com as legítimas pautas estudantis, ainda mais em um ano como 2014, que promete fortes mobilizações no Brasil. Frente a isso novos ares chegam na UnB. Nos últimos dois CEB’s (Conselho de Entidades de Base, que reúne o DCE com os CA’s da universidade), absolutamente toda a oposição à Aliança pela Liberdade se unificou com objetivo de exigir a entrega da gestão e a imediata posse da comissão eleitoral  e também de aprovar uma nota de repúdio contra a Aliança pela Liberdade por ter acusado o CEB auto-convocado por 26 centros acadêmicos da UnB de uma tentativa de golpe, quando a auto-convocação desses espaços está prevista e assegurada pelo próprio Estatuto do DCE. Veja a nota aqui.  Por fim, nos unimos também para pautar um calendário eleitoral democrático, que assegurasse um processo eleitoral com a paticipação efetiva dos estudantes da UnB. As eleições serão realizadas nos dias 14 e 15 de maio. IMG_20140401_124536387 Com isso, o Juntos! entra determinado para essas eleições do DCE da UnB com o objetivo de oferecer uma alternativa política real para o conjunto da Universidade, para que façamos nós, por nossas mãos, um DCE que efetivamente conecte o conjunto da universidade com as demandas da cidade e dos interesses dos estudantes (Ampliação do Restaurante Universitário, transporte público de qualidade, mais verba para a assistência estudantil). Queremos um DCE que lute por uma universidade mais democrática e realmente popular.

O Juntos!,  somado a outros movimentos, fará parte da maior chapa de oposição ao grupo Aliança pela Liberdade, justamente por enxergarmos a necessidade de um NOVO e INDEPENDENTE movimento estudantil para a UnB! O desafio será grande.  Por isso, fazemos um chamado às/aos estudantes da UnB a efetivamente fazerem parte desse processo. Assine online o nosso manifesto para apoiar a maior chapa de oposição que concorre às eleições do DCE nesse ano. Acesse aqui.

IMG-20140414-WA0002

*Ayla é estudante de Ciências Sociais da UnB e militante do Juntos!

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017