Rodoviários paralisam SP contra a “guerrilha dos barões do transporte”! A mobilização continua!

20/maio/2014, 22h48

Charles Rosa

Bastou sair às ruas de São Paulo para constatar que esta terça-feira (20 de maio) foi marcada pela paralisação dos motoristas e cobradores de ônibus. Seguindo exemplo dos rodoviários de Porto Alegre e dos garis do Rio, os trabalhadores de pelo menos 5 empresas cruzaram os braços, rejeitando o acordo salarial de 10% costurado pela burocracia do sindicato. As reivindicações são tão claras quanto legítimas: 16% de aumento salarial, melhorias no vale-refeição, plano de saúde e cesta básica. Não à toa, é crescente a força dessa mobilização que já atinge 15 terminais espalhados por todas as regiões da cidade.

Nós do Juntos! nos identificamos e apoiamos a luta dos trabalhadores rodoviários de São Paulo. Por isso, repudiamos qualquer tentativa de intimidação por parte das empresas de ônibus e dos governos. O “pequeno grupo que sabota” diariamente o péssimo e caro transporte público na nossa capital está nos palácios administrativos. Os “guerrilheiros” que realmente prejudicam a mobilidade urbana não dependem dos busões lotados para chegar ao serviço, uma vez que costumam se locomover de helicóptero. São os “barões do transporte” e seus aliados políticos, Haddad e Alckmin!

Por fim, saudamos a coragem dos rodoviários. As velhas direções sindicais, corretoras dos interesses dos patrões, não nos representam! Como Junho ensinou para a juventude trabalhadora, lutar é a única saída para a ampliação dos nossos direitos.

Amanhã, dia 21, tem mais. São Paulo vai parar de novo. Os rodoviários podem contar com o Juntos!

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017