Municipários de Porto Alegre entram em Campo

05/jun/2014, 20h11

*Tiago Loeblein

Foto: Guilherme Oliveira

Assembleia contou com mais de 2 mil servidores do município. Foto: Guilherme Oliveira

Desde o ano de 2013 Porto Alegre vive uma série de lutas dos movimentos sociais e em constante confronto com a prefeitura da capital. Vivemos sob uma prefeitura em choque com o a população, principalmente com os trabalhadores e com a juventude. Na prefeitura de  José Fortunati são constantes as denuncias de assédio moral, desvio de função, corrupção, uso da máquina pública durantes as campanhas eleitorais, entre outros abusos.

No meio de tudo isso estão os servidores do município, que não são ouvidos e respeitados. Durante a campanha pelo reajuste salarial ficou clara a total falta de vontade de negociação e diálogo do prefeito que propôs de forma unilateral uma reposição de 2,5%, muito abaixo da inflação, e não sem comprometeu com os outros itens da pauta, desqualificando a categoria e mostrando sua intransigência.

Felizmente 2014 não é um ano como qualquer outro, e muito nos inspira ver os municipários se organizando em assembleias lotadas como não acontecia há décadas, reivindicando maior participação. Um reflexo das jornadas de junho que atinge cada vez mais categorias, assim com as greves dos garis do Rio e rodoviários Porto Alegre, por exemplo, que estremeceram governos e foram vitoriosas.

As vésperas da Copa, agora são os municipários que entram em campo! Apesar da greve ter sido atacada de forma ditatorial, com corte de ponto e retirando as gratificações de todos que aderissem à greve, no dia 2 de junho os municipários saíram de seus locais de trabalho e foram às ruas. Enquanto governos e corporações tem a pressa em realizar a Copa do Mundo para garantir lucros bilionários e dividendos eleitorais os trabalhadores do município de Porto Alegre querem um salário digno e um ambiente de trabalho que os respeite.

São professores, enfermeiros, médicos, operários, motoristas, assistentes sociais e diversos outros lado a lado na luta por direitos. O Juntos! está na categoria, na greve e dá seu total apoio a quem faz Porto Alegre no dia a dia. Os municipários entraram em campo, #NaCopaVaiTerLuta!

*Tiago Loeblein é do GTE do Juntos! RS e servidor municipal em Porto Alegre