Vitória contra as opressões no Rainha do Brasil

18/jul/2014, 20h00

Betina D’Avila*

GERB 2014 - 15
A partir de agora o movimento estudantil também se fará presente no Rainha do Brasil, escola de educação básica privada de Porto Alegre. A chapa batizada de “Amanhã Vai Ser Outro Dia” levou 84,3% dos votos, mostrando que grande parte dos alunos também deseja outro ambiente de estudos, no qual o estudante também tem voz. Fazendo alusão à falta de liberdade durante os Anos de Chumbo, o nome da chapa coloca em pauta o desrespeito e as opressões, cenário que os estudantes estão decididos a mudar.

O legado dessa vitória será o enfrentamento direto a favor da igualdade e da democracia. Não tememos a disputa contra o machismo, o racismo e a homofobia, pois sabemos que essa é uma realidade que assola dentro e fora da escola e é sempre ignorada pela mesma. Lutamos pela igualdade e um ambiente saudável, pela cultura e pelo entretenimento.

Essa foi uma vitória justa que ajuda a fortalecer o movimento estudantil. Mesmo sendo uma única chapa concorrendo à gestão, foi de suma importância o diálogo com os estudantes, que retornaram com críticas e sugestões. Somos limpos e agimos com honestidade. Sabemos que a nossa escola não deve ser um ambiente opressor e deve não apenas formar bons vestibulandos, mas cidadãos de verdade. Essa é uma tarefa do Grêmio Estudantil. A nossa chapa acredita na luta e aposta no presente para moldar o futuro!

*Betina D’Avila é militante do Juntos! e membro do Grêmio da Escola Rainha do Brasil

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017