Vitória no Tubino: vitória do movimento secundarista combativo!

17/jul/2014, 11h29

*Daniele Sander

Essa semana a luta secundarista de Porto Alegre deu mais um importante passo. Depois de mais de dois anos sem grêmio estudantil na escola Florinda Tubino Sampaio, a Chapa 3, “Libertária”, composta por militantes do Juntos! e estudantes que sonham e lutam por uma educação diferente, mobilizou centenas de jovens para discutir a escola e o movimento estudantil que queremos construir.

Tendo como oposição mais duas chapas e sendo uma delas, apoiada pela UMESPA (União Metropolitana de Estudantes Secundaristas de Porto Alegre), entidade que em 2013, enquanto a juventude porto alegrense se mobilizava contra o aumento da tarifa votou a favor, ao lado da Prefeitura.

O signo que nos fica dessa vitória (de mais de 240 votos a frente) é de que o estudante quer sim uma transformação radical na escola. Uma escola que, diferente do Plano Nacional da Educação que foi aprovado no último mês, discuta opressões. Seremos uma gestão sem medo de enfrentar o machismo, a homofobia e o racismo. Seremos uma gestão que lutará contra a precarização das escolas públicas do RS, contra a Reforma do Ensino Politécnico, principalmente contra a diferenciação da qualidade de ensino dentro do próprio Tubino (visto que o turno da noite possui uma realidade ainda pior que o da manhã, não possuindo nem a biblioteca aberta). Seremos uma gestão que pintará a escola com a nossa cara, trazendo semanas culturais e dando voz e vez ao estudante.

É esse tipo de movimento estudantil que apostamos. Não com grêmios e entidades fantasmas a mando de governos e direções, como as que infelizmente existem em grande parte do país. Vamos virar essa maré. E nós do Juntos! nas Escolas não mediremos esforços para que isso aconteça, é só o começo de uma longa caminhada.

*Daniele Sander é do Grêmio do Tubino Sampaio e militante do Juntos! RS

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017