A UFF está caindo: lutemos contra o sucateamento!

19/ago/2014, 22h01

 

Lucas Santaanna*

A luta da Biologia-UFF por seu espaço na universidade é uma luta de todos nós, é uma luta contra o sucateamento de nosso dia-a-dia.

O prédio do Instituto de Biologia, no campus do Valonguinho, da Universidade Federal Fluminense em Niterói-RJ está interditado. A conclusão do parecer técnico dos engenheiros é de que o Prédio está com sério risco de desabar, comprometendo o trabalho e os estudos dos cursos de Biologia, Farmácia e Medicina, que dependem das instalações.

O descaso, além de grave, é seletivo: o prédio novo da biomedicina, no mesmo campus, foi construído em menos de um ano e meio. A Universidade está construindo para a Biologia um prédio no campus vizinho, o do Gragoatá, mas a obra, que a todo momento para, já leva mais de 4 anos. Enquanto isso os alunos, educadores e funcionários, continuavam com o risco de um predio de 12 andares cair sobre sua cabeça.

O Diretório Acadêmico Luiz Andrade do Curso Ciências Biológicas, em acordo com os professores, o colegiado e os demais alunos do curso decidiram por uma paralisação de todas as aulas oferecidas ao curso, mesmo que seja em outro prédio ou em outro campus, como uma forma de pressionar a reitoria. Alcançar visibilidade é o objetivo do movimento, que entre suas pautas está a não aceitação de reformas paliativas, e cobrança dos superiores pela resolução definitiva do problema.

A luta pelo espaço acadêmico é uma luta importante que combate o sucateamento do ensino nas universidades públicas, das condições de trabalho e também da vida daqueles que trabalham e aprendem com uma área tão importante do conhecimento.

Todo apoio aos que lutam.
O Juntos! está na luta junto com os alunos e profissionais da BioUFF, que cansou do descaso e de ser deixada de lado.
#AUFFTáCaindo

*Lucas Santaanna é estudante de Biologia na UFF e militante do Juntos! RJ

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017