A maldade dos Tucanos não tem limites: Em SP, presente de Natal é carta de demissão!

24/dez/2014, 13h48

Hoje pela manhã 23 metroviários de SP receberam a notícia que estão desempregados. O governo Alckmin teve a coragem de demitir trabalhadores do metrô em plena véspera de natal.

Os demitidos fazem parte do grupo de 42 trabalhadores punidos por exercerem seu legítimo direito de greve e que haviam sido reintegrados judicialmente. O governo do estado e a diretoria do metrô fizeram um imenso esforço para contornar o recesso do judiciário e conseguir entregar as demissões como um presente de natal cruel.

A celeridade e dureza para punir os metroviários grevistas contrasta com a complacência com que o governo tucano trata os escândalos de corrupção do cartel de trens do estado de São Paulo. Enquanto diretores e gerentes do metrô festejam seu natal com os milhões roubados dos cofres públicos em conluio com as multinacionais Alston, CAF e Siemens, 23 famílias de trabalhadores metroviários passaram a virada do ano sem a certeza de sua subsistência.

O Juntos! se solidariza com a categoria metroviária e com seu sindicato. Vamos mostrar nossa indignação com o presente de natal às avessas que os tucanos deram aos metroviários.

Mande seu protesto para o Metrô por SMS – (11) 9-7333-2252 e pelo e-mail – ouvidoria@metrosp.com.br