Em tempos de ataque às mulheres, reafirmamos: ninguém merece ser estuprada!

11/dez/2014, 16h20

*Fabiana Lontra

Bolsonaro, velho conhecido das mulheres, LGBTs, índi@s e negr@s, mais uma vez, nos enfureceu. Não bastasse ser contra o casamento civil igualitário, contra as cotas e a favor da ditadura militar. Agora também sabemos que Bolsonaro é um estuprador em potencial. Que ele, no alto da sua superioridade branca e masculina, decide qual mulher ou não merece ser estuprada. E se merecer, ele o fará.

Sabemos que no Brasil, onde estima-se que no mínimo 527 mil mulheres são estupradas por ano, muitos homens devem compartilhar do pensamento de Bolsonaro. No país onde a cultura de estupro se mostra cotidianamente, em um ônibus lotado, num passeio sozinha na rua, na vizinha que apanhou do marido. Nesse país, onde Bolsonaro não só pensa que tem o direito de estuprar alguém como braveja isso, dentro da Câmara Federal, reafirmando a sua condição de superioridade masculina no âmbito político, atacando uma mulher, igualmente eleita democraticamente, em um discurso sem nada de política. Só o machismo na sua essência cruel.

10846103_1529919570600670_3855485053603941711_n

Bolsonaro fomenta o ódio e a violência porque sabe que historicamente tem respaldo da sociedade. Mas ele também sabe que o feminismo está se fortalecendo e isso o assusta, assim como assusta todos os setores conservadores que ele representa. Crescemos na Marcha das Vadias, no Fora Feliciano, na derrubada do Estatuto do Nascituro. Prova da nossa força é toda a mobilização que já se organiza a partir do seu ataque. Se existe uma onda conservadora, é fato que existirá também uma maré feminista que não deixará passar atos como esses.

E esse comportamento, esse ataque não só à Maria do Rosário, mas a todas as mulheres que são diariamente estupradas no Brasil, não pode sair impune. Bolsonaro não vai mais perpetuar a cultura do estupro aos ventos, defender uma violência que está na raiz do país e jamais foi cortada. Não, não aceitaremos mais, porque somos mulheres, feministas e lutadoras, e representamos muito mais do que Bolsonaro no alto dos seus votos para deputado.

Representamos todas as mulheres e dizemos que NÃO, NINGUÉM MERECE SER ESTUPRADA!


Mexeu com uma, mexeu com todas!


Assine a petição ‪#‎ForaBolsonaro‬!

https://secure.avaaz.org/po/petition/Conselho_de_Etica_da_Camara_dos_Deputados_Cassacao_do_Deputado_Jair_Bolsonaro_PPRJ/?sZJLxcb

* Fabiana Lontra é estudante de Letras,  faz parte da Juntas! RS e da Coordenação de Mulheres do DCE UFRGS 2015