Juntos! por mais Assistência Estudantil na UFMS

11/fev/2015, 16h31

Com o advento dos programas de ações afirmativas e cotas na última década a universidade tornou-se um espaço um pouco mais popular, o perfil socioeconômico do estudante de hoje em dia é diferente de antes e infelizmente a assistência estudantil não acompanhou a entrada destes estudantes nas universidades. São muitos os novos estudantes pertencentes a este novo perfil para pouca bolsa, poucos restaurantes universitários e poucos projetos de extensão. E essa desproporção faz com que o índice de evasão seja cada vez maior.

No campus de Três Lagoas existem muitos discentes trabalhadores, algo que torna quase inviável a dedicação integral à universidade. Temos também muitos estudantes periferia, acadêmicos que vieram de muito longe cujas famílias não têm qualquer condição de prestar auxilio, estudantes mães e etc. E, para além disso, estudamos em uma das cidades com maior custo de vida no Brasil. Devido ao crescente desenvolvimento industrial, o custo de vida em Três Lagoas é absurdo. Desde o aluguel à alimentação, tudo aqui é caro.

Semana passada nos foi informado que o Restaurante Universidade não funcionará a partir do dia 23 de Fevereiro (primeiro dia letivo do ano) e que provavelmente o restaurante demorará para entrar em funcionamento, pois a empresa que prestava o serviço rompeu com o contrato, o que torna necessário a realização de um novo processo de licitação. Não fosse a omissão da direção de nosso campus, que não buscou qualquer meio de diálogo com a empresa que presta o serviço, o processo de licitação já poderia ter se concluído.

Por isso exigimos de imediato um plano de soluções para esta problemática e, até que tudo se regularize, exigimos da direção do campus e da reitoria da universidade o restabelecimento da bolsa alimentação à todos os alunos que recebiam e dela dependiam antes da inauguração do R.U.. Por isso estamos Juntos! contra o descaso, a falta de planejamento e de logística do nosso campus. Nenhum passo atrás! Nenhum Direito a menos! Queremos alimentação de qualidade grátis a todos discentes, sem exceção!

Auxílio alimentação não é favor, é DIREITO!

Por uma universidade popular, emancipadora, democrática, transformadora e com acesso a tod@s. É preciso que a democratização da universidade seja verdadeira e real.

Porque tão importante quanto ingressar, é permanecer para assim transformarmos a universidade.

Por Bruno Pinheiro – Militante do Juntos! e acadêmico de Direito da UFMS. Érika Augusta – Acadêmica de letras da UFMS e Túlie Araújo – Militante do Juntos! e ex acadêmico de Direito da UFMS, atualmente estuda na UFOP.