Convoque sua luta na USP

23/abr/2015, 01h41

Uma das coisas pelas quais Universidade de São Paulo é conhecida é a tradição de mobilização que os professores, funcionários e estudantes tem dentro dela. No último período foram diversas mobilizações que pautaram segurança, democracia, investimento em educação, dentre outras. O DCE da USP é uma entidade histórica da universidade, que representa o conjunto dos estudantes, e ele é parte essencial dessa história de mobilizações e conquistas. Nós do juntos temos orgulho de ter construído, conjuntamente com centenas de outros estudantes, o movimento “Manifesta!” que venceu as eleições para esta entidade.

A chapa Manifesta tentou colocar a necessidade de se mobilizar para que possamos derrotar os governos e a reitoria em torno do projeto de universidade que queremos. Ou seja, uma USP verdadeiramente pública e democrática, com cotas raciais, permanência estudantil de qualidade, laboratórios, bolsas, bibliotecas, professores e funcionários, eleições diretas para reitor e diretores de unidade.   Essa política colocou uma derrota tanto na direita aliada de Alckmin e kassab, que defende um projeto invertido ao nosso para USP, quanto no governismo, que não mobiliza os estudantes, e se constrói num política de puro desgaste constante do movimento estudantil.

Nós do Juntos acreditamos que essa vitória tem uma importância no Movimento Estudantil de forma geral, pois a vitória da manifesta representa a vitória de uma nova alternativa na política e no movimento estudantil, que não se alia nem com a direita reacionário, nem com o governo que está aplicando o ajuste e cortando 7bilhões da educação. Nesse sentido, acreditamos que a USP deve ir para o 54º Congresso da UNE com essa política, de fomentar a mobilização e construir uma política independente dos governos, na qual os estudantes convoquem suas mais diversas lutas e as fortifiquem.

Sabemos que hoje atualmente a UNE é dirigida de forma burocrática e desmobilizadora por setores ligados ao governo federal, e por isso construímos a Oposição de Esquerda, visando retomar o histórico de lutas dessa entidade.

Na USP, há uma série de lutas acontecendo, desde as mães estudantes pelas creches, os funcionários por campanha salarial, diversos Centros Acadêmicos pautando o direito as festas que estão sendo proibidas, com destaque para a mobilização do movimento negro por cotas. Queremos unir essas diversas lutas na USP, e queremos que o movimento estudantil dessa universidade se conecte cada vez mais com o movimento estudantil nacionalmente, pois a luta é uma só.

 Por isso tudo, convidamos todas e todos os estudantes da USP a convocar sua luta no 54ºCongresso da UNE desde já, na plenário do Juntos USP as 18h, na sala 8 da geografia/FFLCH-USP https://www.facebook.com/events/802429393171786/802626666485392/

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017