O conservadorismo só ganha no tapetão. Faremos junho de novo para barrar a redução!

JuntosJuntos Negras e Negros 02/jul/2015, 01h54

11240484_1041321332547346_8826765337003004204_n Hoje, dia 01 de julho de 2015, assistimos o maior escandâlo conta a democracia e o estado direito dos últimos anos. Eduardo Cunha, presidente da Camâra, apresentou uma emenda aglutinativa que retirava meia dúzia de delitos do texto da PEC 171. Os deputados, se utilizando da sensação de insegurança que está instaurada na população brasileira, aprovaram a redução da maioridade penal sem permitir a população brasileira uma ampla discussão sobre o tema.

Não é a juventude que causa a sensação de insegurança e impunidade que vivemos hoje. São os senhores engravatados, dentro do congresso, responsáveis por isso. Eduardo Cunha é um deles. O principal suspeito da operação lava-jato, acusado de receber milhões em propina e está impune. Cunha é maior de idade. Cunha é responsável pelos seus atos. Eduardo Cunha elabora o regimento da câmara a seu bel-prazer ao mesmo tempo que é investigado num dos maiores escândalos de corrupção do país. Isso é impunidade, isso é insegurança, isso é uma das razões pelas quais a população brasileira está absolutamente angustiada. Mas nós não podemos permitir que sejam estes, semeadores da corrupção, do estelionato, do ódio e do medo os vencedores.

Em junho de 2013 ocupamos as ruas por mais direitos. Começamos por 20 centavos e viramos milhões por mais educação, saúde, transporte, moradia, lazer, cultura. Os deputados não responderam as nossas vozes, pelo contrário, sofremos bruscos cortes de verbas nessas pastas, implicando em greves na educação, menos leitos nos hospitais, diminuição no FIES.

Por outro lado, mesmo após não ter sido aprovado o mérito do texto substituitivo da PEC 171, Cunha, aos moldes dos episódios mais nefastos do House Of Cards, orquestra uma nova votação que permitiu a redução da maioridade penal.

A partir de agora, a tarefa da juventude é mobilizar, em cada canto de deste país, a maior pressão popular que este ccongresso já viu. Iremos de escola em escola, de universidade em universidade, voaremos pela juventude livre, por mais direitos e longe das grades da prisão.

A juventude vai voar alto, alto como nunca se viu!

#VoaJuventude #CunhaGolpista

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017