Derrotar Sartori e seu ajuste!

02/ago/2015, 18h42

Por Ana Paula Santos, do Grêmio do Protásio Alves e Cristian Nunes, militantes dos Juntos!

Os servidores públicos do Rio Grande do Sul hoje sofrem com o (des)governo do Sartori. O atual governador que foi eleito sem apresentar qualquer plano de governo, hoje mostra pra quem e com quem governa; Com as grandes empresas e a RBS. Nesses 7 meses de governo, não apresentou um projeto em favor da população gaúcha, apenas agravou e quer retirar diversos direitos sociais e trabalhistas, como na votação da LDO onde congelou o salário até 2017 de todos os servidores causando uma grande defasagem na renda dos trabalhadores.

Agora anuncia um ataque feroz aos servidores: Está parcelando o pagamento do salário, pagando apenas R$ 2,150 na data em que deveria pagar o salário completo e não dando o prazo para pagar o resto. Isso afeta diretamente a vida de várias famílias que atrasarão as contas e que diferente do governador, não podem parcelar o pagamento. Esse governador que ataca o povo, que corta 20% de todas as áreas sociais (saúde, educação e segurança) não pensa duas vezes em pagar uma dívida absurda que consome bilhões dos cofres públicos e que serve apenas para enriquecer os grandes banqueiros.

Sabemos que quando há retrocesso de direitos, os trabalhadores se mobilizam para garantir as suas conquistas históricas e por isso, está sendo chamada uma grande paralisação estadual na segunda-feira e rumo a uma greve geral dos trabalhadores no estado do Rio Grande do Sul. Nós, do Juntos RS nos solidarizamos e estaremos apoiando e construindo todas as mobilizações contra esse governo. O dia 11 de agosto (Dia do Estudante, a aula é na rua) terá como um dos eixos aqui no estado a luta contra o pacotaço do Sartori. Seguimos a luta ao lado do nosso povo!

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017