Juntos em solidariedade a Sandro Pimentel e a população de Natal #ContraOAumento

Juntos RN 10/ago/2015, 13h18

A juventude voltou às ruas da capital potiguar para pressionar a prefeitura e a SETURN e exigir o congelamento da passagem em R$2,35, pois, o prefeito Carlos Eduardo (PDT) homologou a proposta do Conselho Municipal de Transporte de reajuste para R$2,65.

Antes mesmo de o aumento entrar em vigor e da juventude ir às ruas com o movimento Revolta do Busão, o vereador Sandro Pimentel (PSOL) entrou com uma ação cautelar que questiona a ilegalidade do ato da prefeitura, pois de acordo com as leis municipais 0398/2014 e 0149/2015, para reajustar a tarifa de ônibus em Natal, é preciso antes realizar audiência pública e anunciar com antecedência de 30 (trinta) dias, o que não ocorreu.

A ação deveria ser julgada pelo Juiz Dr. Luiz Alberto Dantas Filho que, ao invés de cumprir seu papel que é o de julgar favorável ou refutar a liminar apresentada por Sandro, resolve suspender as decisão e condicionar ao julgamento de uma outra ação de interesse do prefeito para só após se pronunciar sobre a liminar.

Após isso o vereador foi duramente criticado por diversos grupos de comunicação por externar a decepção que muitos trabalhadores e trabalhadoras sentiram do magistrado, justamente por Sandro servir como o porta voz das demandas populares e não temer diante dos desmandos dos poderosos.

Não deixaremos nos calarem nas ruas e nem calar quem luta em defesa de nossos interesses. Solidariedade a Sandro Pimentel e solidariedade ao povo que está sentindo no bolso esse aumento abusivo.

Não vamos aceitar o aumento da tarifa do busão, muito menos os cortes do Governo Federal de mais de R$9 bilhões de reais na Educação.

 

Acompanhe também a entrevista com Sandro sobre direito a cidade e a ação na justiça contra o aumento abusivo: http://juntos.org.br/2015/07/entrevista-com-o-vereador-sandro-pimentel-psol-sobre-a-acao-contra-o-aumento-da-passagem-de-onibus-em-natal/