Quem a cidade sorriso faz sorrir?

Pedro He-man 17/ago/2015, 13h30

Niterói é uma importante cidade da região metropolitana do Rio. Antiga capital do estado e parte da História, ficou conhecida como a cidade Sorriso pela qualidade de vida representada nas estatísticas de um relevante IDH. O que precisamos questionar é pra quem se dá essa qualidade de vida. Apesar de conter um índice menor que suas vizinhas São Gonçalo e Itaboraí, sobretudo em tempos de crise na COMPERJ, Niterói contém um deficit habitacional de quase 4 mil famílias, segundo estimativas da prefeitura e jornais da grande mídia que há quase dez dias tiveram de noticiar uma ocupação em Pendotiba, articulada pelo MTST com o apoio de diversos setores da sociedade.

Ao todo 600 famílias foram se somando e dando vida a um terreno abandonado pela prefeitura há décadas. Famílias vindas de diversas comunidades como Badú, Cafubá e até do Bumba, cuja situação se arrasta desde 2010 para muitas delas que perderam tudo nas chuvas que assolaram a região. São pais, mães, filhas e filhos; trabalhadoras e trabalhadores que vivem sob a lógica do aluguel cada vez mais caro, alguns da crise que os faz reféns de uma discrepância econômica cada vez maior entre as “famílias sorriso” e as que encaram a realidade do dia a dia.

A ocupação foi ganhando corpo e peso e neste domingo ralizou um importante momento de descontração e muito trabalhado para os aliados. Foi realizado o cadastramento dos barracos montados, além de uma feijoada esperta que alegrou o dia da moçada de luta que se prepara para que na terça sejam entregues os cadastros durante uma reunião com a prefeitura. Ano passado a ocupação Zumbi dos Palmares em São Gonçalo mostrou que o caminho da luta por moradia segue sendo atual em nossa região. Em 2012 o deficit habitacional no Brasil superava a marca de 5 milhões de famílias. Enquanto isso, o governo alega a necessidade de um ajuste fiscal com arrocho à classe trabalhadora e nenhuma medida com relação aos bancos, que estão lucrando como nunca!

Morar com dignidade é um direito a todas as famílias, estamos juntos!

Pedro “He-man” é militante do Juntos! São Gonçalo (RJ)

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017