Cai Cunha! Todos Juntos para derrubar o inimigo nº 1 da juventude

13/out/2015, 11h57

Por Grupo de Trabalho Nacional do Juntos

Cunha assumiu a presidência da Câmara dos Deputados com uma missão muito clara: dar coesão à casta dos partidos que controlam o poder no país, aprovando medidas contrárias aos interesses da juventude e do povo.

Cunha é a melhor expressão dessa casta. Sua campanha foi financiada pelas maiores empresas de comunicação, pelas teles, por várias empreiteiras. Construiu seu poder aliado às bancadas mais reacionárias. Adotou discurso firme contra a juventude: contra as mulheres, a comunidade LGBT e lutou de forma agressiva para aprovar a redução da maioridade penal.

Do ponto de vista político, ignorou as vozes de junho, e operou uma “contra-reforma” política que deixou os debates menos democráticos, com a “lei da mordaça”, buscando diminuir o espaço do PSOL e dos partidos de esquerda que contestam o regime. Cunha ainda buscou legalizar o financiamento privado de campanha para retribuir o investimento milionário realizado pelos agentes privados. Respondeu aos interesses das grandes mineradoras, querendo rever a demarcação das terras indígenas. Cunha atuou para proteger os desmatadores.

Misturando política e religião, como um mercador da fé, Cunha sonhou em construir um império político, a serviço de suas jogatinas, envolvendo o PMDB e a ala mais à direita do Congresso. Chegou a afirmar que poderia ser um nome para disputar a presidência.

Como parte da Casta, a partir das investigações da Operação Lava-Jato, Cunha foi desmascarado. São quase 10 milhões de reais, oriundos de propinas, guardados em suas contas secretas na Suíça. O nível de decomposição moral é tamanho que foram sua família gastou quase 60 mil reais com aulas de tênis particulares. Um absurdo!

Nós do Juntos! estivemos na vanguarda da luta contra Cunha desde o seu primeiro dia. Incomodamos e denunciamos Eduardo Cunha em escrachos, atos, protestos. Sabíamos que ele representava o que há de mais atrasado enquanto nós estamos lutando pelo legado de Junho.

Falta pouco para derrubá-lo. A sociedade está indignada e não aguenta mais. Ele não vai ceder, quer manter sua imagem de todo- poderoso. A única saída é colocar a pressão das ruas e das redes na máxima temperatura.

Convocamos todos ativistas, amigos e apoiadores do Juntos! e de todos movimentos sociais democráticos a começar uma Vigilia Permanente pela queda de Eduardo Cunha, a partir desta terça quando será protocolado o pedido formal para que Cunha deixe o parlamento, por quebra de decoro parlamentar.

#ForaCunha

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017