19.11 – Ocupar as escolas de todo Brasil em defesa da educação!

Juntos 17/nov/2015, 14h00

Os estudantes secundaristas de São Paulo estão dando um exemplo. Após semanas de fortes manifestações de rua, que não foram ouvidas pelo governador Alckmin, iniciaram um método radicalizado e ao mesmo tempo democrático de luta: a ocupação das escolas.

Se os governantes, como Alckmin, querem fechar escolas, superlotar salas de aula, demitir professores, enfim, se querem atacar a educação e fazer com que as escolas não sejam dos estudantes, nós, estudantes, ocupamos, pois a escola é nossa!

A partir das primeiras ocupações, na semana passada, nas escolas Diadema e Fernão Dias, o movimento se expandiu. O governador apostou que os estudantes não teriam força para resistir ao final de semana e às ameaças de reintegração de posse. Mas o jogo virou: as reintegrações de posse na cidade de São Paulo foram proibidas pela Justiça, numa derrota histórica de Alckmin, e as ocupações se multiplicaram. No momento da publicação deste texto, já são 34 escolas ocupadas. E o número cresce!

Os estudantes de São Paulo podem vencer! Mais que isso: os estudantes de São Paulo precisam vencer! A vitória dos secundaristas contra Alckmin será um exemplo nacional da força dos estudantes, das ocupações e manifestações. Será a prova concreta, como já está sendo, de que só a luta muda a vida. Um exemplo que pode incendiar o Brasil, pois, sabemos, os problemas nas escolas existem em todos os Estados e cidades.

O Juntos! recebeu com extrema animação o chamado dos estudantes paulistas, a partir da primeira ocupação, Diadema, para que esta quinta-feira, 19/11, seja um dia nacional de ocupações de escola, em solidariedade a São Paulo e pelas reivindicações específicas de cada escola do país. Vejam o evento:https://www.facebook.com/events/1648814868710708/. A partir disso, um amplo leque de grupos e coletivos de juventude, como o Juntos, se incorporou e está convocando a iniciativa. Em nosso II Encontro Nacional do Juntos nas Escolas, realizado neste fim de semana em Brasília, deliberamos o dia 19 como nossa prioridade.

No dia 19/11, ocupe sua escola! Estabeleça uma lista de reivindicações que devem ser ouvidas pela sua diretoria e governo. Mostre sua solidariedade aos estudantes de SP. Divulgue as iniciativas nas redes sociais. Construa você mesmo o poder dos estudantes dentro do lugar em que estuda.

Que nenhum poderoso duvide da força dos estudantes do Brasil. Se hoje somos 34 escolas ocupadas em São Paulo, no dia 19/11 podemos ser centenas de escolas ocupadas no Brasil!

“O governo veio quente

Nós já ta fervendo

Quer desafiar?

Não tô entendendo

Mexeu com estudante

Você vai sair perdendo!”

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017