30 de maio é Fora Weintraub!
#ImpeachmentBolsonaroUrgente

30 de maio é Fora Weintraub!

Os Diretórios Centrais de Estudantes que assinam esse manifesto exigem a saída imediata do Ministro da Educação, bem como do genocida Bolsonaro e seus aliados que estão a frente do nosso país.

29 Maio 2020, 16:46

Neste sábado, dia 30 de maio, completamos um ano do segundo Tsunami da Educação que derrotou os cortes de Bolsonaro e Weintraub nas universidades e escolas federais. Cortes esses que, caso não fossem revertidos, ameaçavam o funcionamento de nossas instituições. A força do movimento estudantil nas ruas foi fundamental para mostrar a este governo cada vez mais autoritário que não aceitamos ataques à nossa educação.

No período em que está a frente do MEC, Weintraub nada fez além de tentar privatizar a educação. Logo após os cortes, o Ministro tentou aprovar um projeto de parcerias público-privada que mudaria por completo o que constitui as universidades públicas. Após ser amplamente rejeitado nos conselhos universitários, Weintraub teve mais uma vez que recuar. Além disso, no ano passado acompanhamos intervenções federais nas eleições de reitorias de UFs e IFs, tendo ainda esse ano no IFRN, IFSC e CEFET-RJ, coisa que apenas a ditadura militar fazia.

Recentemente, Weintraub também teve que recuar com sua política negacionista em relação ao ENEM. Mesmo diante da pandemia que paralisou as aulas no Brasil inteiro, o Ministro mantinha o mesmo calendário de provas, aceitando que a grande maioria dos estudantes pobres do país seriam prejudicados. Fruto de nossa mobilização nas redes, o INEP anunciou o adiamento do ENEM de 30 a 60 dias. Porém a nossa luta segue, já que essa proposta não contempla a necessidade dos estudantes que estão perdendo este ano letivo.

Por fim, é uma vergonha que neste momento em que mais necessitamos da ciência, tenhamos um Ministério da Educação que corta bolsas de pesquisa, como foi feito com as artes e humanidades no programa CNPq. Por isso é necessário dizer que JÁ BASTA!

O vídeo que revelou os ataques de Weintraub ao STF, aos povos indígenas e à democracia brasileira, comprovaram aquilo que os estudantes já sabiam: Abraham Weintraub não tem nenhuma condição de estar a frente do Ministério da Educação.

Quem promove ódio, censura e violência deve cair!

Por isso os Diretórios Centrais de Estudantes que assinam esse manifesto exigem a saída imediata do Ministro da Educação, bem como do genocida Bolsonaro e seus aliados que estão a frente do nosso país.

Em defesa do povo, de nossa educação e do Brasil.

Assinam:

  • DCE UFOPA
  • UES STM-PA
  • DCE UEVA
  • DCE UFT
  • DCE IFPB
  • DCE IFRSPOA
  • DCE UFJ
  • DCE PUC Goiás
  • DCE UFPA
  • CA 22 de Agosto (PUC-SP)
  • DCE UFSB
  • DCE EMBAP
  • DCE UNIFAP
  • DCE-LF gestão “Diversidade em Luta!” – UNIFAL-MG
  • DCE PUC-Rio Raul Amaro
  • DCE UEL
  • DCE Celso Lisboa
  • DCE UFLA
  • DCE META – AP
  • DCE UFRJ
  • DCE UFGD
  • DCE UFPI
  • DCE UEPG
  • DCE UFRGS
  • DCE UNIFTC
  • DCE UFOB
  • DCE UFPR
  • DCE UFCSPA
  • DCE LIVRE UNICSUL-SP
  • DCE UFRRJ
  • DCE UCPEL
  • DCE UNIRIO
  • DCE UFRN
  • DCE UNEB
  • CACS PUC-SP
  • DCE UERJ
  • DCE UERN
  • DCE UFU
  • DCE UEMS
  • DCE uema
  • DCE Unicentro – Irati
  • DCE Univasf
  • DCE UFMG
  • DCE UNIFESSPA
  • GE IFRS – Campus Alvorada
  • GE IFFar – Campus Alegrete
  • DCE IFRS – Campus POA
  • GE IFRS – Campus Restinga
  • GE IFES – Campus Guarapari
  • GE IFES – Campus Cariacica
  • GE IFMS – Campus Campo Grande
  • GE IFES- Piúma
  • GE IFMA – Campus São Raimundo da Mangabeiras
  • GE IFMG- Campus Ibirité
  • GE IFPR – Campus Curitiba
  • GE IFSC – Campus Jaraguá do Sul-Centro
  • GE IFSC – Campus Chapecó

Últimas notícias