Santarém rumo ao Encontro do Juntos! em Goiânia!

06/jul/2011, 16h11

Por Nery Júnio de Araújo* e Ib Sales Tapajós**

O Movimento Estudantil (M.E.) tem notável presença em se tratando das grandes lutas democráticas em nosso país e no mundo. Aqui em Santarém não tem sido diferente. O M.E. local passou por várias provas de fogo no primeiro semestre de 2011, como a luta contra o aumento da tarifa de ônibus e o combate a uma ditadura tirana instalada na UFOPA.
Agora, no mês de julho, o M.E. santareno tem diante de si mais uma importante missão: participar do 52º Congresso da UNE, a ocorrer em Goiânia no período de 13 a 17 de julho.
A caravana de Santarém ao CONUNE, composta por 20 estudantes, está sendo organizada pelo coletivo Romper o Dia! – grupo que há anos vem impulsionado o movimento estudantil mocorongo, construindo entidades como a UES, o DCE-UFOPA, o DCE-UEPA e vários Centros Acadêmicos em diversas instituições de ensino superior.
Nossa perspectiva com a caravana é fortalecer o M.E. santareno, consolidando novos quadros militantes, preparando-os para assumir a linha de frente das diversas lutas que enfrentamos no dia-a-dia. Os espaços de discussão do Congresso, bem como o contato com estudantes de todo o Brasil, serão uma experiência muito rica para aqueles que ousam lutar por dias melhores.
Um dos principais espaços formativos de que nossa caravana estará participando será oEncontro Nacional do Juntos!, que reunirá centenas de estudantes para debater o papel da juventude na transformação da nossa realidade. São jovens de várias partes do Brasil que acreditam num outro mundo possível e que, inspirados pelas revoluções árabes vitoriosas e pelas lutas da juventude européia, tomam as ruas do nosso país em defesa da educação, de liberdade e justiça social.

Dentre as pautas de discussão do Encontro do Juntos! está o grandioso Projeto Emancipa, uma rede de cursinhos pré-vestibulares, que, além de preparar jovens pobres das periferias para o vestibular, também atua na formação política desses jovens. Os estudantes santarenos voltarão de Goiânia com uma importante missão: implantar esse projeto na nossa cidade, tomando como ponto de partida as experiências de São Paulo, Porto Alegre e Belém.
Nossa caravana é formada, em sua maioria, por estudantes da UFOPA, mas contempla também acadêmicos de outras instituições de ensino, como IESPES e UEPA. O movimento estudantil secundarista de Santarém também participará do 52º CONUNE, através da estudante Janaína Azevedo, integrante do Grêmio do colégio São Francisco. Janaína representa a certeza de que teremos uma nova geração de militantes secundaristas – futuros universitários – para renovar as fileiras das lutas estudantis na nossa cidade.
As acadêmicas do IESPES Maelly Pantoja, Eloise Oliveira e Amanda Fernandes, por sua vez, terão grande importância no Congresso da UNE, pois poderão inserir num evento estudantil nacional discussões atinentes às peculiaridades de uma instituição particular no interior da Amazônia. Importante também será a volta delas a Santarém, pois, a partir do acúmulo político adquirido em Goiânia, poderão impulsionar com segurança um movimento consistente dos estudantes da sua instituição de ensino.
Sabemos de todas as nossas tarefas como estudantes, e que elas se sobrecarregam quando nos tornamos militantes, pois aí, efetivamente, passamos a dar um justo retorno à sociedade, rompendo com o desvirtuado conceito de que “estudante deve ser apolítico”. Por esse motivo também sabemos qual é o nosso lado dentro da UNE. O nosso lado é o das lutas, o lado que tem clareza da burocracia que foi implantada na entidade pela direção atual – burocracia que impede a retomada das velhas e boas lutas estudantis. Somos o lado que luta pela transformação da realidade brasileira, sem medo de ir às ruas por um futuro melhor para todos nós.
Por fim, nossa caravana ainda se encontra em processo de campanha financeira, para que possamos suprir os gastos da longa viagem. Se você for parado nas ruas em nossos “pedágios”, lembre-se de nossos objetivos e tenha certeza de que, assim como você, estaremos a caminho de nossas casas: moramos onde moram as lutas! Portanto, contribua com o que tiver: um real, dois, um aceno, um desejo de sorte na viagem, um sorriso, um quilo de alimento, enfim, ajude-nos a ser Santarém em Goiânia. Até a volta!
——————————-
Nery Júnio de Araújo é ex-coordenador do DCE-UFOPA (gestão provisória 2010-2011) e militante do Coletivo Romper o Dia/Juntos!

** Ib Sales Tapajós é coordenador geral da UES e militante do Coletivo Romper o Dia/Juntos!

Vem aí...

Acampamento Internacional das Juventudes em Luta: Rio de Janeiro, abril de 2017